FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Como reduzir perdas de processamento em laticínios e atender aos requisitos ambientais?

POR ISABELA MACHADO FERRARI

INDÚSTRIA

EM 04/08/2014

2
0
Olá
Seja bem vindo!

Meu nome é Isabela Ferrari, sou Engenheira Química, Mestre em Bioprocessos Industriais e Biotecnologia, pelo programa de pós-graduação em Bioprocessos Sustentáveis do convênio UNESCO-França e UFPR. Trabalho no setor industrial há 25 anos, desenvolvendo trabalhos nas áreas de gestão da produção e tecnologia de processo, garantia da qualidade, desenvolvimento de novos produtos e projetos de indústrias de alimentos e agroindústrias, e participarei do MilkPoint Indústria na seção Gestão da Qualidade e Processos.

Neste tópico iremos abordar temas como gestão da produção industrial, gestão da qualidade e novas tecnologias que contribuirão para o sucesso de seu laticínio na parte de processos, qualidade do produto e tecnologias ambientais, entre outros.

Iniciaremos com o texto abaixo. Espero que gostem e que possamos trocar experiências pelo MilkPoint Indústria.

Obrigada!

Como reduzir perdas de processamento em laticínios e atender aos requisitos ambientais?

A questão ambiental vem se tornando um desafio para as empresas, especialmente para indústrias de pequeno e médio porte. Pressões decorrentes dos governos, da sociedade civil organizada e do próprio mercado, vêm impulsionando as empresas a adotarem uma postura mais voltada a esta questão.

Olhar o processo de industrialização do leite, do ponto de vista ambiental, não é somente atender às exigências legais. É preciso desmistificar isto, e colocar os olhos sobre os benefícios econômicos ao implementarmos medidas ambientalmente corretas.

A redução de perdas passa por um processo de identificação de possibilidades de melhorias no processo produtivo, motivação de pessoal e formação de eco-times que visam avaliar o desempenho dos seguintes indicadores: consumo de água, consumo de energia, consumo de matéria-prima, tecnologia de processo e sistema de tratamento de efluentes líquidos

UM EXEMPLO: Ganhos com a otimização no consumo de energia - Recuperação de calor em processamento de queijo.


A refrigeração do soro de leite quente e o aquecimento do leite para a coagulação do queijo - que ocorre em tempos diferentes - são equilibrados com a ajuda de um sistema de armazenamento de energia.

O soro de leite é refrigerado com água fria a partir da parte inferior do tanque de armazenamento de água. Como resultado, o circuito de água é aquecido e a água quente é conduzida para a parte superior do tanque. Esta água quente é utilizada para pré-aquecer o leite para o queijo que vai o tanque de coagulação de queijos. Nesta etapa a água é resfriada, então, é novamente reconduzida para o tanque de estocagem de energia.



Considerando que a maioria dos laticínios no Brasil fabrica praticamente os mesmo produtos, resta buscar a competitividade na redução dos custos industriais.

A adoção de técnicas para redução de perdas é fator fundamental para o sucesso da gestão industrial em laticínios. É preciso mudar o “olhar” para o processo e buscar, nas metas de produção, não só progresso nos índices de qualidade, mas trazer soluções para melhorar os índices de produtividade com redução de custos.
 

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

ISABELA MACHADO FERRARI

Engenheira Química, Mestre em Bioprocessos Industriais e Biotecnologia. Trabalha nas áreas de gestão da produção e tecnologia de processo, garantia da qualidade, desenvolvimento de novos produtos e projetos de indústrias de alimentos e agroindústrias

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ISABELA MACHADO FERRARI

CURITIBA - PARANÁ - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 24/08/2014

Olá, Elias. Obrigada! Que bom que vc gostou do artigo! Na área de laticínios, onde todos fabricam produtos praticamente iguais, (ex. mussarela, minas frescal, minas padrão, prato, bebida láctea, etc.) cujo preço ao consumidor é muito semelhante entre a concorrência, a melhor maneira de auferir lucros para a empresa é reduzir perdas!
ELIAS

CAMPINA GRANDE - PARAIBA - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 20/08/2014

Parabéns!

Isabela, muito bom o seu trabalho com medidas simples de implantação pequenas  com grandes resultados na redução das perdas no processo



Abraço



Elias

Lebom Alimentos

Campina Grande - PB