ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Uruguai: leite em pó alcança maior valor médio em quatro anos

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/06/2021

1 MIN DE LEITURA

0
1

O valor médio das exportações de leite em pó integral em maio foi de US $ 3.442 por tonelada, segundo dados do Instituto Nacional do Leite (Inale). É preciso ir até maio de 2017, há quatro anos, para encontrar um valor médio maior.

Gradualmente, mas de forma persistente, os preços de exportação estão captando a melhora nas referências internacionais. Do piso de fevereiro de US $ 3.092 por tonelada, a recuperação foi de US $ 350 por tonelada, equivalente a 11,3% em apenas três meses.

E a expectativa é que a tendência de recuperação continue, dado que o mercado internacional segue firme e com demanda tanto internacional (principalmente China) quanto regionalmente, com os preços do leite no Brasil em alta nos últimos dois meses.

Quem tem se destacado nas últimas semanas como destino é a China. Nas quatro semanas até o dia 1º de junho transportou 3.200 toneladas de leite em pó integral, ficando acima da Argélia (2.725 toneladas) e longe das 868 toneladas que foram enviadas ao Brasil. O valor médio das exportações para China e Argélia neste período ultrapassou US $ 3.500 por tonelada, o que confirma que os preços de exportação continuaram melhorando em maio.

Com o impulso da China nas últimas semanas, tem se diferenciado como principal destino desse produto. Neste ano, segundo dados da Alfândega, já transportou mais de 15,5 mil toneladas, ficando para trás a Argélia (menos de 14 mil toneladas) e o Brasil (menos de 13 mil toneladas).

Logo após o primeiro semestre, as expectativas são auspiciosas para o segundo semestre de 2021. Nada indica que a China moderará sua demanda, além das oscilações lógicas que sempre ocorrem nos mercados.

Além disso, parece viável que aumentem as necessidades do Brasil, país que sofre intensa seca na bacia do Paraná - fala-se da pior seca em mais de um século -, a que se somam os altos preços de grãos. Ambos os fatores, juntamente com a valorização do real, devem aumentar a demanda do vizinho do Norte nos próximos meses.

As informações são do Tardaguila, traduzidas e adaptadas pela equipe MilkPoint. 

baner interleite

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint