FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Trevo Alimentos conclui joint venture com Ehrmann

A empresa mineira de lácteos Trevo Alimentos e a alemã - do mesmo segmento - Ehrmann AG anunciaram, este mês, a criação de uma joint venture que vai explorar, por meio de novas tecnologias e produtos, o mercado brasileiro de iogurtes e sobremesas. Serão investidos R$ 200 milhões, nos próximos cinco anos, na expansão da fábrica localizada em Sete Lagoas, na região Central, contratação de mão de obra e ampliação do portfólio da Trevo Alimentos no País.
 
O diretor administrativo da Trevo Alimentos, Marcelino Rezende, afirma que a parceria é de grande importância para a empresa, que ainda atua em nível regional. “Temos o objetivo de voos mais altos como, por exemplo, ser nacional. Entendemos que alcançar o mercado nacional com o respaldo tecnológico e organizacional garantidos por uma parceria como essa é mais rápido e seguro”, afirma.
 
Por outro lado, ele destaca a importância da joint venture também para a Ehrmann AG, que há algum tempo tem interesse em chegar ao mercado brasileiro. Rezende lembra que a parceria é uma ótima oportunidade para a empresa alemã se aproximar não só do Brasil, mas também do mercado latino-americano de maneira geral.
 
O CEO da Ehrmann AG, Christian Ehrmann, explica que a transação faz parte de uma estratégia de diversificação internacional da empresa. “A estratégia da Ehrmann é fortalecer sua posição na Alemanha e crescer internacionalmente. Esse crescimento deve ser atingido organicamente e por meio de parcerias. Por meio desta joint venture no Brasil, a Ehrmann fortalece sua presença em um País que tem sido analisado pela empresa há alguns anos”, afirma.
 
A Ehrmann AG é uma das maiores empresas de lácteos na Alemanha. Além da planta sede, a empresa possui indústrias na Rússia e nos Estados Unidos, escritórios na Itália, Espanha, República Checa, Polônia, Finlândia e China. A Ehrmann tem mais de dois mil empregados, que trabalham na fabricação de produtos que são vendidos em mais de 50 países. A receita bruta da empresa é de 750 milhões de euros.
 
O diretor da Trevo Alimentos não detalha os planos para a joint venture, mas garante que o ponto principal dessa parceria será o investimento de R$ 200 milhões nos próximos cinco anos. O aporte será usado no desenvolvimento de novas tecnologias de produção e, consequentemente na ampliação do portfólio da Trevo Alimentos, que hoje produz iogurtes, bebidas lácteas, manteiga, requeijões e petit suisse. “A gama de produtos que ainda não disponibilizamos é grande e precisamos diminuir esta lacuna”, destaca.
 
Para suportar a expansão de portfólio, a ampliação da fábrica em Sete Lagoas também é certa, segundo o diretor. Ele não detalha, mas garante que a planta ganhará novas linhas de produção, o que resultará, também, em novas contratações. Atualmente, a fábrica tem 275 funcionários e receita bruta de R$ 150 milhões.
 
Rezende acredita que o mercado brasileiro de produtos lácteos ainda tem muitas lacunas que podem ser aproveitadas. Para ele, o consumo ainda é baixo no Brasil e, por isso, a associação a uma grande empresa como a Ehrmann AG pode ajudar na conquista de novos clientes. “Conhecemos o mercado brasileiro e sabemos das nossas limitações para acessá-lo integralmente. Mas também acreditamos que parceiras como essas podem transformar essas limitações em planejamento para transpor desafios”, diz.
 
As informações são do Diário do Comércio.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.