ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Setor de lácteos tem forte expansão na Argentina

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 07/01/2005

1 MIN DE LEITURA

1
0
No último mês de novembro, a recepção de leite nas fábricas registrou um aumento de 12,4% com relação ao mesmo mês do ano anterior. Desta forma, o volume acumulado dos 11 primeiros meses de 2004 foi 18,5% maior do que no mesmo período de 2003.

A importante recuperação na recepção total de leite ocorrida na Argentina pode ser explicada, exclusivamente, pela expansão da produção diária das propriedades leiteiras, que compensou a leve diminuição registrada no número de fazendas. Entre janeiro e novembro de 2004, a quantidade de propriedades leiteiras na Argentina apresentou uma redução média de 3,2%, enquanto a produção diária por estabelecimento superou em média em 22% a do ano anterior.

Com relação ao setor primário, em novembro de 2004, as indústrias "indicadoras" - 15 empresas sobre cuja base se estima a tendência da produção primária nacional - receberam em média cerca de 16,3 milhões de litros diários, provenientes de 6360 produtores, enquanto que, no ano anterior, a média captada foi de 14,5 milhões de litros, entregues por 6530 produtores.

A redução no número de propriedades leiteiras da amostra - de cerca de 170 - deve-se à combinação de duas causas possíveis: o fechamento definitivo dos estabelecimentos e aos "passes" às indústrias menores, que oferecem preços ou prazos de pagamentos mais convenientes aos produtores, ou que têm menores exigências com relação à qualidade do leite. Seja qual for a razão, os dados mostram que esta diminuição de estabelecimentos não conseguiu reduzir o notável desempenho do setor, protagonista de uma forte expansão.






Fonte: Direção da Indústria Alimentícia, Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Alimentação (SAGPyA)

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

FERNANDO FERREIRA PINHEIRO

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

EM 11/01/2005

O fato que ocorre no nosso vizinho é, na minha opnião, uma tendência em países onde não há mais áreas para expandir a atividade, forçando os produtores a serem mais eficientes. Aqueles que não conseguem ou saem da atividade ou passam a fornecer a estabelecimentos pequenos sem compromisso com a qualidade e participação reduzida no mercado. Vale lembrar que o sistema de cooperativas funciona e tem sido alvo de diversos investimentos estrangeiros.
MilkPoint AgriPoint