ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

O mercado está ruim? O MilkPoint Radar pode te ajudar!

Temos verificado bastante desânimo entre os produtores, claramente em função das baixas de preços desde meados do ano passado e do aumento dos custos de produção.

É neste momento que ferramentas de informação, como o MilkPoint Radar, são importantes para verificar melhores oportunidades de mercado para o seu leite.

Observe no gráfico abaixo as informações de um grupo de produtores que vende seu leite na mesma região.

Gráfico. Preços líquidos recebidos pelo leite e volume de leite vendido – produção de novembro/2017 paga em dezembro/2017.

Fonte: MilkPoint Radar

No gráfico, o eixo horizontal apresenta o preço líquido recebido em dezembro (pelo leite fornecido em novembro) e o eixo vertical representa o volume de leite diário fornecido.

Tomamos 3 produtores para mostrar a utilidade de inserir informações e utilizar o MilkPoint Radar como ferramenta de gestão da venda de seu leite. Destacamos, no grupo de oito produtores da mesma região que aparece no gráfico (cada bola no gráfico representa 1 produtor) três produtores: em novembro/2017, o produtor marcado em amarelo forneceu 503 litros diários, o produtor marcado em cinza vendeu 512 litros/dia e o produtor marcado em verde vendeu 591 litros/dia (nos três casos, portanto, volumes bastante semelhantes).

No entanto, o produtor “amarelo” recebeu R$ 0,95/litro de leite, o produtor “cinza” (quase com o mesmo volume diário!) recebeu 1,182/litro (23 Centavos/litro a mais!) e o produtor “verde” recebeu R$ 1,28/litro – a diferença de 33 Centavos/litro de leite. Entre os três, diferentes significativas de preços para volumes diários semelhantes (ou seja, a bonificação por volume não explica esta diferença de preço!).

A qualidade do leite (informação que também pode ser verificada, para cada produtor do gráfico, no MilkPoint Radar sem, no entanto, identificar quem é o produtor) explica parte desta diferença de preços – por exemplo, o produtor “amarelo” teve, no mês, CCS média de 730 mil/mL, enquanto que a CCS média do produtor “verde” foi de 170 miL/ml e de 445 mil/mL para o produtor “cinza”.

A outra parte da diferença certamente vem da negociação de preço com o laticínio comprador. Os dois produtores analisados vendem seu leite para laticínios diferentes e que atuam na mesma região!

Estas são informações reais para o pagamento do mês de dezembro/2017 e mostram quão útil pode ser a participação no MiilkPoint Radar, principalmente num momento tão difícil de mercado quanto o que passamos.

Quer participar do MilkPoint Radar? A participação á GRATUITA – basta “baixar” o aplicativo do MilkPoint Radar no seu smartphone, fazer um cadastro (bastante simples!) e começar a colocar suas informações no sistema. Também é possível participar via web site (www.milkpointradar.com.br), fazendo o cadastro e inserindo as informações.

Importante: as informações por produtor são mantidas absolutamente confidenciais (não são identificados os produtores participantes)!

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.