ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Indústria láctea se une à Sustainable Dairy Partnership para mudanças globais

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/09/2019

1 MIN DE LEITURA

0
0

Figuras influentes na indústria de lácteos ofereceram seu apoio à recém-formada Sustainable Dairy Partnership (SDP), como parte de seus esforços para promover mudanças em direção a uma indústria de laticínios mais sustentável. O anúncio ocorreu na Cúpula Mundial de Lácteos da Federação Internacional de Lácteos, em Istambul.

Representando aproximadamente 30% do volume total de leite, 22 empresas locais e globais na indústria de laticínios colaboraram para fornecer uma abordagem de sustentabilidade unificada nas transações entre empresas. Os esforços de colaboração são compostos por cooperativas de agricultores, processadores, compradores e varejistas, incluindo Danone, Fonterra, Friesland Campina, Mars e Nestlé.

Atualmente, a indústria de lácteos está enfrentando desafios em relação ao fornecimento sustentável e responsável. O SDP reconhece que a indústria precisa assumir mais responsabilidades e fazer mais progressos nas medidas de sustentabilidade.

O SDP pretende ter um impacto duradouro em toda a cadeia de fornecimento de lácteos, por isso está focado em otimizar o relacionamento entre compradores e processadores de laticínios, acreditando que seja essencial para melhorar as medidas de sustentabilidade. Como resultado, a indústria de laticínios se alinhará sob uma abordagem unificada de sustentabilidade e abordará as pressões de impactos ambientais e sociais.

Baseado no Dairy Sustainability Framework (DSF), o SDP reforça os critérios do programa existente ao lado de outros. O objetivo é melhorar as práticas dos produtores, oferecendo aos compradores uma abordagem racional para mostrar como os produtos lácteos são sustentáveis.

A parceria define cinco estágios principais que ajudam os processadores a avaliar sua sustentabilidade e medir seu impacto. Cada empresa que produz lácteos prioriza as questões mais importantes relevantes para eles. Ao adotar essas estruturas, as auditorias agrícolas excessivas serão reduzidas, o que permitirá um melhor uso dos recursos para trabalhar em prol das prioridades de sustentabilidade. O SDP também exige que os processadores tratem do desmatamento, bem-estar animal, direitos humanos e conformidade com a legislação local.

Jan Kees Vis, diretor global de desenvolvimento sustentável de suprimentos da Unilever e presidente da plataforma SAI, disse: “A Sustainable Dairy Partnership permite que os fornecedores de lácteos relatem o progresso nas questões mais relevantes. Representa um passo importante para o setor passar dos relatórios baseados em conformidade para os relatórios baseados em impacto.”

A SDP foi criada por membros do Grupo de Trabalho em Laticínios da Plataforma SAI e foi testada em toda a Europa, EUA e Austrália e deve ser utilizada em plenitude no primeiro semestre de 2020.

As informações são do FoodBev.com, traduzidas pela Equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint