FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Índia: setor de lácteos em rápida expansão enfrenta desafios

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 10/12/2019

2 MIN DE LEITURA

1
0

A Índia, o segundo país mais populoso do mundo, trabalha arduamente há décadas para aumentar a eficiência de sua indústria de laticínios. Já é o segundo maior produtor mundial de leite de vaca em termos de volume total, atrás apenas dos Estados Unidos, e continua aumentando rapidamente a produção, apesar dos contínuos desafios climáticos.

Na temporada 2017-18, a Índia produziu 176,3 milhões de toneladas de leite, representando cerca de 20% da produção global, contra apenas 5% produzidos em 1970, de acordo com dados do Conselho Nacional de Desenvolvimento de Laticínios da Índia. Niti Aayog, um think tank (organização de pesquisa sobre políticas públicas) do governo na Índia, espera que o país produza mais de 200 milhões de toneladas de leite até 2022, com parte desse crescimento vindo de aumentos robustos na produção de leite por vaca.

De acordo com a Pesquisa Integrada de Amostras do governo indiano, a produção de leite da Índia aumentou 35% na última década. De acordo com Sarina Sharp, analista do Daily Dairy Report, o ganho ainda é bastante baixo, o que deixa muito espaço para crescimento futuro.

"Nos Estados Unidos, a produção de leite subiu 13,5% no mesmo período, mas as vacas na Índia permanecem muito menos produtivas do que as de países mais desenvolvidos, em parte devido às temperaturas tropicais”, diz Sharp. “A maioria das vacas da Índia está em fazendas pequenas, sem acesso a áreas cobertas e rações balanceadas, que permitem uma produção de leite muito maior. A vaca leiteira média dos EUA produz o equivalente a até oito vacas da Índia."

A Índia também vem aumentando o número de vacas em um ritmo acelerado, observa Sharp. Em julho deste ano, o Foreign Agricultural Service (FAS) do USDA estimou que o rebanho do País teria em média 60,6 milhões de cabeças, 2,1 milhões a mais em relação ao ano passado. "Na última década, a Índia adicionou 18 milhões de vacas leiteiras - em números absolutos, seria o equivalente a adicionar quase dois rebanhos leiteiros nos EUA", disse Sharp. "No entanto, devido à produção de leite por vaca muito menor do que nos EUA, a Índia aumentou efetivamente a produção em apenas 25% do total produzido anualmente pelos EUA".

Enquanto a indústria de lácteos dos EUA deve registrar crescimento nominal este ano, a produção de leite de vaca na Índia deve crescer 5,3%, aumentando ganhos de mais de 5% em cada um dos últimos cinco anos, observa Sharp.

No entanto, o clima provavelmente continuará a representar um desafio para os produtores de leite indianos nos próximos anos, de acordo com um relatório de Niti Aayog, que alertou que secas e inundações podem limitar a disponibilidade de água e alimentos para animais. O verão incomumente chuvoso deste ano, principalmente em outubro e novembro, levou a um atraso na colheita de soja e pode impedir o plantio de algumas culturas de inverno. Além disso, o relatório observa que a expansão das terras agrícolas substituiu algumas pastagens na Índia, que tem opções limitadas de pastoreio. Segundo Niti Aayog, 500 milhões de animais na Índia estão com insegurança alimentar.

As informações são do Farm Journal & MILK Magazine, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MAURO GONÇALVES

SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO - MINAS GERAIS - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 11/12/2019

A Índia é o pais maior produtor de leite do mundo.