ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Índia: Fim do sistema de cotas da UE pode afetar exportações de lácteos do país

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 31/03/2015

2 MIN DE LEITURA

0
0
 As exportações de produtos lácteos da Índia deverão cair, com a União Europeia (UE) abolindo seu sistema de cota de produção de leite, que já dura três décadas, a partir de primeiro de abril. Entretanto, mais produtos lácteos disponíveis para consumo doméstico poderão manter os preços do leite, queijos e manteiga em cheque.

O sistema de cota de produção de leite foi introduzido pela UE em 1984, para resolver a questão do excesso de produção. O fim das cotas deverá levar a um aumento na produção de leite na Alemanha, Holanda, Polônia, Dinamarca e Irlanda.

“Com o fim das cotas, muitos produtores de custo menor como Irlanda e Polônia aumentarão a produção e isso pode levar a uma queda nos preços globais”, disse o diretor da Mother Dairy, localizada em Nova Delhi, na Índia, S Nagarajan. “Um impacto negativo sobre a Índia será preços estáveis do leite e produtos lácteos e uma queda nas exportações”.

Entretanto, uma maior disponibilidade de itens lácteos também poderia significar uma menor remuneração aos produtores de leite da Índia, disse o diretor da Gujarat Cooperative Milk Marketing Federation, dona da marca Amul, RS Sodhi. “Estamos observando a evolução do desenvolvimento global. Na Índia, a demanda por produtos lácteos está aumentando e podemos não ver um impacto muito grande”.

A India Ratings & Research disse em um estudo recente que a demanda por leite e produtos lácteos continua alta na Índia devido às mudanças nos hábitos alimentares e maior poder de compra. O estudo espera que o setor de lácteos da Índia cresça 15,6% em 2015-16, contra 12,6% em 2012-13.

As companhias de lácteos disseram que negociar melhores termos para tarifas sobre os produtos lácteos é um caminho a seguir. “O Paquistão reduziu a tarifa de importação sobre os produtos lácteos da Índia em 5%, para 20%. Outros países da Associação do Sul da Ásia para Cooperação Regional (Saarc) como Bangladesh e Sri Lanka, que são grandes importadores de produtos lácteos, poderão também fazer isso”, disse o diretor da Sterling Agro Industries, Kuldeep Saluja. Ele disse que espera uma queda de 40% nas exportações anuais de leite em pó, óleo de manteiga e manteiga.

Os preços do leite em pó desnatado caíram para US$ 2.731 a tonelada no leilão GDT em 17 de março com relação a mais de US$ 4.100 em abril de 2014. Seguindo a mesma tendência, os preços do leite em pó desnatado na Índia caíram para Rs 160-180 (US$ 2,54-US$ 2,86) por quilo no momento com relação ao pico de 2014, de Rs 290 (US$ 4,62).

Gráfico 1 – Preços de leite em pó desnatado no Leilão GDT

Fonte: Global Dairy Trade

Isso levou a uma queda de cerca de 25% nos preços do leite cru aos produtores, para Rs 28-29 (US$ 0,44-US$ 0,46) por litro para leite de búfala e Rs 19 (US$ 0,30) por litro para o leite de vaca, disse o vice-presidente sênior de planejamento estratégico da Parag Milk Foods, Shirish Upadhyay.

“Não somos capazes de exportar commodities como leite em pó desnatado desde o último ano. O governo deve pressionar a UE, os Estados Unidos, a África do Sul, a China e a Rússia para abrir seus mercados para os produtos lácteos da Índia. Além disso, um mecanismo de tamponamento do estoque deve ser estabelecido no país para cuidar do excesso de estoques produzidos durante a estação de pico”.

A reportagem é do The Economic Times, traduzida e adaptada pela Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint