ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Finlândia: fazenda da Valio usa caminhão de leite movido a esterco

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 17/03/2021

3 MIN DE LEITURA

0
4

A redução das emissões do tráfego de veículos pesados é uma parte da meta de neutralidade de carbono da Finlândia para 2035. 

A cooperativa de laticínios finlandesa Valio, disse que uma solução pode ser encontrada no esterco de vaca, que pode ser transformado em biogás que pode, no futuro, substituir o óleo diesel fóssil para veículos pesados na Finlândia.

A fazenda leiteira Vuorenmaa em Haapavesi encheu o primeiro caminhão de leite movido a esterco da Finlândia com o biogás renovável da fazenda. Usar biogás como combustível veicular é parte do programa de Valio com o objetivo de redefinir a pegada de carbono do leite para zero até 2035.

A fazenda Vuorenmaa tem 180 vacas que produzem leite para a planta local Valio, onde é feito o queijo Valio Oltermanni. A fazenda já usa seu esterco para gerar eletricidade e calor para a fazenda em sua própria usina de biogás.

“A usina de biogás da fazenda Vuorenmaa produz atualmente cerca de 1.900 Mwh de biogás todos os anos. Estávamos revisando os equipamentos da planta e decidimos expandir suas funções para produzir combustível de biogás. O caminhão de leite de nossa planta local, em Haapavesi, pode abastecer em nossa fazenda ao mesmo tempo em que coleta nosso leite. No futuro, o posto de abastecimento próximo à fazenda também fornecerá biogás para automóveis de passageiros”, disse Janne Vuorenmaa, que administra a fazenda com seu irmão e família.

Inicialmente, metade do gás produzido será refinado em biometano, que é adequado para uso como combustível veicular. Se todo o gás fosse usado em caminhões de leite, seria suficiente para uma quilometragem de mais de 350 mil quilômetros por ano.

Por enquanto, há apenas uma quantidade limitada de biogás para automóveis de passageiros. Será possível, no entanto, aumentar a capacidade de renovação da planta para atender à demanda.

Cerca de 15 milhões de toneladas de esterco são geradas todos os anos na Finlândia. O uso de resíduos agrícolas, entretanto, ainda está dando seus primeiros passos na Finlândia, e o uso de biogás pressurizado de esterco de vaca é um novo desenvolvimento.

O biogás também terá um papel importante na redução não apenas das emissões do tráfego, mas também na redução das emissões agrícolas.

“A usina de biogás faz parte do círculo regular de nutrientes da nossa fazenda. Seu processo transforma os nutrientes do esterco em uma forma mais útil nos campos. Quando precisamos comprar menos fertilizante, isso beneficia tanto o meio ambiente quanto nossas contas. Também melhora a auto-suficiência da fazenda quando se trata de energia. Vender combustível produzido na fazenda é outra oportunidade de negócio ”, disse Vuorenmaa.

O gerente de desenvolvimento da Valio, Petteri Tahvanainen, que é responsável pela frota de veículos da Valio, disse: “Usar biogás pode reduzir as emissões de gases de efeito estufa do ciclo de vida do combustível em até 85% em comparação com o diesel, que é o que nossos caminhões de coleta e distribuição de leite funcionam. Ao mesmo tempo, a pegada de carbono da própria fazenda de gado leiteiro diminui significativamente, em um quarto ou quinto, dependendo do método de cálculo.”

“A fazenda Vuorenmaa é um exemplo fantástico de como os fazendeiros finlandeses podem resolver os desafios ambientais e climáticos junto com as empresas locais. Ao mesmo tempo, as fazendas podem criar novos negócios, ou seja, novo caixa para o campo, enquanto melhoram nossa auto-suficiência em relação ao combustível ”.

A planta de biogás e a estação de reabastecimento de biometano foram fabricadas pela Demeca Oy, uma empresa local de Haapavesi.

“Passamos muito tempo desenvolvendo nossa unidade de tratamento de biometano e testamos várias soluções técnicas. Agora, um caminhão de leite pode reabastecer na fazenda todos os dias e o equipamento está funcionando bem”, disse Sami Vinkki, diretor de vendas da Demeca.

“Queremos criar novas oportunidades de negócios para os produtores e melhorar a respeitabilidade do campo. Nosso trabalho é melhorar a lucratividade da fazenda, bem como o bem-estar animal e humano. Este é mais um projeto onde foi um sucesso retumbante. Gosto muito de reabastecer um de nossos carros na fazenda de um cliente. E a fazenda fica com todo o lucro.”

O diretor administrativo da cooperativa Pohjolan Maito, Marko Puhto, disse: “Uma rede de várias empresas locais se formou em torno da fazenda Vuorenmaa. Eles ficam perto da Fábrica de Queijo Haapavesi, o que significa que é fácil reabastecer o caminhão de leite durante a sua operação de coleta.”

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela equipe do MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint