FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Resistência microbiana aos antibióticos e os riscos à saúde da população

Infecções no úbere influenciam significativamente a composição do leite, sendo que o principal efeito é o abaixamento da concentração de gordura, lactose e caseína. Estados mais avançados de infecção resultam em leite com composição química diferente da normal. Em função disso, os antibióticos têm sido bastante utilizados nas fazendas e até em muitos casos, de maneira indiscriminada, seja para fins terapêuticos, principalmente visando à cura de mastite, ou ainda incorporados à alimentação animal como suplemento dietético. Tais procedimentos conduzem à presença de resíduos de antibióticos no leite, o que representa risco para a saúde do consumidor, sendo, portanto, um sério problema na área econômica e de saúde pública.

Os antibióticos são fármacos utilizado mundialmente no tratamento de doenças infecciosas causadas por bactérias e que ao passar dos anos reduziu as taxas de mortalidade associada a essas infecções. Entretanto o uso indiscriminado de antibióticos em bovinos, como por exemplo, o uso excessivo em animais lactantes sem respeitar as doses para cada indivíduo ou sem respeitar o período de carência no combate à mastite bovina, pode acelerar o processo natural de resistência dos microrganismos contra esses fármacos.

As exposições dos microrganismos às drogas antimicrobianas de forma indiscriminada promovem uma mutação genética microbiana aumentando a tolerância às doses do antimicrobiano utilizado. A mutação pode ocorrer durante a replicação da célula ou por indução provocada por agentes mutagênicos (radiação) ou pela incorporação de material genético exógeno no microrganismo (conjugação bacteriana por exemplo).

Antibióticos do grupo dos β-lactâmicos são os mais utilizados para tratamento de doenças em rebanhos leiteiros, sendo assim os mais frequentemente detectados no leite. Aproximadamente 5 a 10% da população é hipersensível à penicilina, e apresentam reações alérgicas ao ingerirem essa substância.

Dessa maneira os microrganismos com o gene mutante, durante o processo de replicação, darão origem à novos microrganismos tolerantes aos antimicrobianos utilizados impedindo o tratamento e cura de doenças causadas por esse agente infeccioso. Como consequência, tem-se o aumento do tempo de internação e das complicações clinicas dos pacientes hospitalizados com a elevação dos custos relacionados com a sua recuperação.

Com isso, destaca-se o cuidado com o uso de antibióticos no tratamento dos animais, uma vez que além das perdas econômicas no processo produtivo, tem-se também problemas relacionados com a saúde pública, na qual, deve haver uma sincronia entre todos os elos da cadeia produtiva leiteira para que o uso destes fármacos seja realizado de forma correta, respeitando a dosagem e o período de carência. Além disso é indispensável o monitoramento da incidência de antibióticos na bacia leiteira, seja por métodos oficiais ou métodos validados pelo MAPA, para atender às legislações vigentes e garantir a qualidade do produto final

Clique aqui e saiba mais sobre as mudanças na legislação e como se adequar.

Autores 

Leandro Joaquim - Especialista de Produtos, Hexis Científica

Bruno Ricardo De Castro Leite Junior - Professor Adjunto da Universidade Federal de Viçosa

Referências

JAY, J. J. Microbiologia de alimentos, 6 ed. Porto Alegre: Artmed, 2005.

NERO, L. A., et al. Resíduos de antibióticos em leite cru de quatro regiões leiteiras no Brasil. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 27(2): 391-393, abr.-jun. 2007.

FRACAROLLI, I. F. L., et al. Bacterial colonization and antimicrobial resistance in healthcare workers: an integrative review. Acta Paul Enferm. 30(6); 651-7, 2017.

COSTA, A. L. P. & JUNIOR, A. C. S. S. Resistência bacteriana aos antibióticos e Saúde Pública: uma breve revisão de literatura, Macapá, v. 7, n. 2, p. 45-57, maio/ago. 2017.

Para saber mais, entre em contato pelo box abaixo.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.