FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Especial Sucessão Familiar, Sítio Três Corações: "não precisa ser fácil, basta ser possível"

RAQUEL MARIA CURY RODRIGUES

EM 04/05/2017

5 MIN DE LEITURA

4
0
O que é preciso para garantir a permanência dos jovens no campo e, consequentemente, a sucessão familiar nas propriedades? Essa é uma questão que tem preocupado produtores, empresas e especialistas ligados ao setor. Muitos jovens rurais não querem ficar no campo, preferindo mudar para a cidade. Os principais motivos são a busca de oportunidades de emprego, além da mudança no padrão de vida, com maior facilidade de acesso aos meios de comunicação e a vida social urbana. Há também os conflitos familiares, que estimulam a preferência do jovem em prestar serviços em troca de um salário do que trabalhar dentro da propriedade - onde a remuneração pelo seu trabalho nem sempre é definida com exatidão.

A faixa etária da população do campo é alta e, com o passar do tempo e o envelhecimento dos pais, a tendência é que as propriedades sejam vendidas ou haja a transição da pecuária leiteira para outra atividade que demande menos mão de obra, como a pecuária de corte ou a silvicultura. A permanência do jovem no campo é também uma questão bastante complexa, pois envolve aspectos econômicos e sociais, já que é preciso que haja melhorias nos setores da saúde, educação e comunicação. Sucessão não é sinônimo de herança, mas sim uma obra contínua de modernização do negócio da família. Então, nada mais natural do que planejar e organizar o formato no qual haverá uma transferência do comando do atual responsável para um dos possíveis sucessores.

Para homenagear fazendas leiteiras que têm um histórico familiar, o MilkPoint lançou no último mês de março o Especial Sucessão Familiar. A ideia é entrevistar propriedades que deram certo e vêm se desenvolvendo ao longo de gerações.

Na 3ª edição, trouxemos a história do Sítio Três Corações, localizado no município de Tatuí, no Estado de São Paulo. A propriedade está estabelecida há mais de 70 anos e o negócio foi passado de geração em geração. A Equipe MilkPoint entrevistou Marcelo Menck Leme, que possui 21 anos e trabalha junto aos seus pais – Tarasio e Maria Helena - e com a esposa Franciele.

especial sucessão familiar - milkpoint
Marcelo, Franciele, Tarasio e Maria Helena 

“Primeiramente o sítio foi adquirido pelo meu bisavô, José Coelho. Na sequência, passou para os meus avós, Antônio e Maria Aparecida, que até hoje nos acompanham nos cuidados do dia a dia. O sítio, que era ocupado por gado de corte, já foi referência no cultivo de milho, melancia e mandioca, mas hoje, está todo direcionado para a pecuária leiteira”.

especial sucessão familiar - milkpoint
Franciele, Marcelo, Maria Aparecida, Antônio, Tarasio e Maria Helena 

Hoje o sítio conta com um rebanho de 65 matrizes e a produção diária de leite é de 350 litros. O rebanho é composto por vacas da raça Girolando e alguns animais da raça Gir. O sistema de piquetes é rotacionado de capim Mombaça e no inverno, há um acréscimo de silagem de capim Napier e cana-de-açúcar.

especial sucessão familiar - milkpoint

Como ocorreu a sucessão na propriedade?

Como apontado anteriormente, o sítio vem sendo passado de geração em geração. “O meu avô adquiriu a parte dos seus irmãos e criou seus quatro filhos por meio da renda com a cultura do milho, feijão, arroz, batata e gado de corte. Além disso, ele vendia lenha na cidade e sempre ensinou o trabalho da roça aos seus familiares, até que um dia, ele decidiu passar o sítio aos cuidados dos seus filhos, e entre eles, a minha mãe. Hoje os meus pais e eu tiramos nosso sustento do Três Corações”, comemora.

sucessão familiar

Resolução de conflitos e profissionalização da família

Tudo que é feito no sítio é discutido e chegado numa conclusão, ninguém toma decisões sem antes conversar e ouvir a opinião de todos. Mas então o cotidiano é em plena harmonia? Não. Muitas vezes as ideias não batem, as dificuldades chegam e é difícil manter as coisas em ordem, mas aí vem o grande segredo, a grande vantagem: a família.

“Não podemos esquecer que estamos em família, não podemos deixar que os problemas do cotidiano atrapalhem o convívio familiar. Há três anos e meio montamos nossa leiteria, meu pai já tinha experiência nesse ramo, mas eu era leigo na área. Eu sabia como lidar com gado, como funcionava, mas a leiteria é mais complicada. Fiz o curso de auxiliar veterinário, cursos on-line e curso de inseminação artificial, decisões que fizeram total diferença no trabalho, pois só nos trouxeram benefícios e soluções”, acrescenta Marcelo.

sítio três corações - sucessão familiar

Ele acredita que a principal dificuldade da sucessão seja trabalhar bem, com bons resultados e boa administração para fazer o negócio gerar lucros, o que no seu ver, não é algo fácil. “O produtor rural sofre, precisa se dividir em dois ou até mais, trabalhar de sol a sol, sem horário nem calendário, faça sol ou chuva, frio ou calor, pois em nossa sociedade e principalmente com nosso governo, não somos valorizados como merecemos, assim como o fruto do nosso trabalho. Outro desafio é o interesse das novas gerações com relação o trabalho no campo. Por ser um segmento realmente trabalhoso, muitos querem se mudar para a cidade e deixam o campo de lado. Esse momento também é um desafio aos pais, já que os mesmos são os responsáveis por mostrar e despertar o interesse dos filhos pela terra e pelos animais. Todos os envolvidos precisam escutar novas ideias e juntos, tomar decisões certeiras para a atividade fluir”. 

especial sucessão familiar - milkpoint

Marcelo destaca que não é fácil, pois além do trabalho ser exigente, ele precisa conciliar com a sua vida e com a sua família. “Na minha opinião, não precisa ser fácil, basta ser possível. A família sempre será o nosso porto seguro e quando é possível ter algo junto a ela, penso que nenhuma dificuldade abala, pois Deus abençoa e guia os nossos passos. A sucessão familiar é a melhor maneira para a conquista do sucesso”.

especial sucessão familiar - milkpoint

De acordo com ele, é necessário um tempo para a propriedade se aperfeiçoar em todos os assuntos que a envolvem e as gerações que passam por ela devem plantar uma semente para as futuras colherem. “O meu objetivo é continuar essa jornada e buscar o melhor para os meus filhos. Espero que um dia eles também deem continuidade a todo esse nosso esforço”.

especial sucessão familiar - milkpoint

Confira o vídeo sobre o Sítio Três Corações: 

RAQUEL MARIA CURY RODRIGUES

Zootecnista pela FMVZ/UNESP de Botucatu e Coordenadora de Conteúdo do MilkPoint.

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

NEI ANTONIO KUKLA

UNIÃO DA VITÓRIA - PARANÁ - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 06/05/2017

Além de considerar as razões postas no primeiro parágrafo pela autora, considero que as Faculdades dentro de seus cursos de Ciências Agrárias preparem os Agrônomos, Veterinários, Zootecnistas, para serem empreendedores, pois noto que a maioria delas prepara seus discentes para "prestar concurso público".

Não há emprego para todos que se formam, isto é um fato consumado.

Por outro lado, e voltando para a questão do empreendedorismo, havia um ditado de nossos avós de que "se não estudar, vai permanecer na roça".

Hoje, este ditado mudou e eu diria para um filho meu "para ficar na roça, terá que estudar, senão não vai ficar."
MARCELO

CAPELA DO ALTO - TOCANTINS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 06/05/2017

Agradeço a você Raquel e a toda equipe MilkPoint pela oportunidade de podermos contar um pouco da nossa história! Ficamos muito felizes com a matéria. Abraços.   
ROBETO AMARAL RODRIGUES ALVES

BOA VISTA - DISTRITO FEDERAL

EM 05/05/2017

Tomara que  todas  as "sucessões" fossem tão simples e cordatas quanto essa do Sitio Tres Corações. Nada obstante não haver referencia ao tamanho da propriedade parece que o herdeiro 'UNICO" é o Marcelo e não havendo disputa com outros herdeiros a coisa é bem mais fácil. Mesmo assim o exemplo foi bom.
EDMAR CASSIANO

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 05/05/2017

Parabéns pessoal.

Gostei: "  Não precisa ser fácil, basta ser possivel. "

Grande abraço e que Deus continue abençoando todos vocês.
MilkPoint AgriPoint