ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Preços no varejo e preço do leite pago ao produtor

MILK MONITOR

EM 31/03/2022

2 MIN DE LEITURA

2
5

Interligação, todos os elos da cadeia do leite se relacionam, mesmo aqueles “mais distantes’’ — em pontas opostas da cadeia. Este é o caso, por exemplo, dos preços dos lácteos praticados no varejo, que influenciam nos preços praticados no campo.

Antes de entendermos essa relação é preciso “dar nome aos bois.” Quando nos referimos aos preços de venda dos derivados lácteos, normalmente abordamos duas perspectivas — os preços de venda da indústria para o varejo, e os preços de venda no varejo. Aqui a ideia é detalhar do que estamos falando quando citamos os “preços no varejo” e o motivo pelo qual o produtor deve estar atento a este valor.

 

Do que estamos falando quando citamos os preços no varejo?

Os preços no varejo são os preços de venda dos derivados lácteos aos consumidores finais. Chamamos “varejo” o elo responsável por comprar os derivados lácteos das indústrias e vendê-los aos consumidores finais.  O varejo está muito presente na rotina de todos nós, sendo representado, na maior parte das vezes, por supermercados, hipermercados e atacarejos.

 

Por que o produtor deve acompanhar os preços de venda dos derivados lácteos no varejo?

As movimentações do varejo são um ótimo indicativo sobre a demanda daquele momento por parte do consumidor final. Normalmente, se o preço dos lácteos aumenta no varejo é sinal de que a demanda está aquecida – bons volumes de venda. Além disso, as movimentações de elevação nos preços praticados no varejo, também são respostas aos aumentos nos custos por parte de indústrias e/ou produtores.

No caso de redução nos valores praticados, o movimento anterior normalmente foi de dificuldade no giro de vendas aos preços anteriores – ou seja, demanda fraca por parte do consumidor final diante dos preços mais altos.

Nos momentos em que consegue repassar preços ao consumidor final, o varejo tende a se dispor a pagar valores mais elevados as indústrias pelos derivados lácteos, que por sua vez tendem a possibilitar preços mais altos pelo leite do produtor.

No caso contrário, a lógica também é válida — se não consegue repassar os valores mais elevados ao consumidor final, o varejo trava suas negociações com as indústrias até que consiga menores preços. Dessa forma, as indústrias acabam repassando esse movimento aos produtores, diminuindo seu apetite no campo.

Sendo assim, estar atento aos preços dos lácteos no varejo é um indício dos possíveis preços praticados no campo. No Milk Monitor, um produto do MilkPoint, você encontra relatórios de indicadores de mercado e os preços dos principais derivados lácteos nos diferentes elos da cadeia

Por meio de um aplicativo próprio, o Milk Monitor disponibiliza informações atualizadas das diversas variáveis que impactam a rentabilidade das fazendas de leite: mercado de grãos, preços internacionais de lácteos, cenário atual, projeções futuras, informações técnicas, gerenciais e muito mais.

E o melhor: o Milk Monitor direciona as ações que os produtores podem tomar nas fazendas de leite de acordo com a conjuntura do mercado. Com um preço que cabe no bolso do produtor, disponibilizamos o mercado do leite na palma da sua mão!

 

 Ficou interessado? Quer nos conhecer melhor?

Siga nosso Instagram@milk_monitor

Siga nosso LinkedInhttps://www.linkedin.com/company/milkmonitor/

Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://bit.ly/3AJCmPo

Entre em contato conosco: 19 9 9721-4296 monitor@agripoint.com.br 

 

Qual assunto gostaria de ver por aqui? Ficou com alguma dúvida de como o preço no varejo influencia o preço do leite pago ao produtor? Deixe nos comentários que nós vamos te ajudar!

MILK MONITOR

Saiba como utilizar informações a favor da sua fazenda. O mercado do leite na palma da sua mão!

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MILK MONITOR

PIRACICABA - SÃO PAULO - EQUIPE AGRIPOINT

EM 01/04/2022

Oi Tabajara, bom dia. Tudo bem?! Muito obrigado por sua contribuição! Você está correto! Neste momento especificamente a elevação nos preços da cadeia está ligada a restrição na oferta de leite - reflexo da redução na rentabilidade do produtor observada durante boa parte dos últimos meses, além das questões climáticas.

Reforçamos que, apesar deste ponto, o aumento nos preços permanecerá no caso de o consumidor final "aceitar" este repasse - e os preços no varejo poderem "se sustentar", então. Caso isso não aconteça e a demanda caia mais que a oferta, com os novos valores, o fundamento se quebra.

Muito obrigado novamente pela contribuição!
TABAJARA MARCONDES

FLORIANÓPOLIS - SANTA CATARINA - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 01/04/2022

"Normalmente, se o preço dos lácteos aumenta no varejo é sinal de que a demanda está aquecida - bons volumes de venda."
Prezados
Retirei essa parte acima do texto de vocês para fazer a seguinte consideração: não lhes parece pouco adequado considerar que o atual movimento de preço dos lácteos esteja relacionado com demanda aquecida/bons volumes de vendas???
Lembremos que a produção de 2021 já foi menor que a de 2020. Principalmente a do segundo semestre. Isto aliado à manutenção dos custos elevados no campo e nas indústrias são importantes indicativos de que o potencial de produção/oferta nacional de leite de 2022 não é grandes coisas. Como estamos entrando no período da entressafra, me parece mais razoável considerar que o atual movimento de mercado se explica muito mais por queda de oferta (com importações também em queda em relação ao ano passado) do que por "demanda está aquecida - bons volumes de venda".
MilkPoint AgriPoint