FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Escala de produção: quanto devo produzir de leite?

MARCO AURÉLIO FACTORI

EM 08/10/2020

3 MIN DE LEITURA

5
27

Olá pessoal, tudo certo? Hoje vamos falar um pouco sobre escala de produção. Vamos para uma historinha? Então, vamos lá!

Em certo dia, estava eu em minhas assistências, quando encontrei um produtor de leite que produzia roupas como outra fonte de renda. Em certo momento me disse que ele ganhava um centavo (R$ 0,01) de lucro para cada calcinha para criança que fabricava. Então, naquele momento, perguntei a ele se não seria melhor fazer alguma outra coisa para ganhar mais. Então, ele me disse que a menor venda que ele fazia para um revendedor era de 10 mil calcinhas, ou seja, as vendas dele sempre eram assim – vendia em muita quantidade.

A partir deste momento, comecei a pensar e sempre que vou falar de escala de produção, faço este exemplo: se eu quero ter um lucro de 10 reais e, a cada coisa que eu vendo, eu lucro 5 reais, eu tenho que vender duas coisas; se eu tenho um lucro de 1 real por coisa que eu vendo, então, eu terei que vender 10 coisas.

Pessoal, na produção de leite isto não muda. Os sistemas de criação devem estar ajustados ao lucro que eu preciso ter, ou o lucro que eu tenho deve estar ajustado ao sistema que possuo.

Na produção de leite em pasto, o sistema é simples e, por isso, os custos são menores, principalmente com instalações, alimentação, mecanização, energia e outros. Para tanto, no sistema em confinamento, os custos são maiores. Senhores, tudo o que temos que fazer é ajustar nosso negócio.

Pois bem. Ao fazermos um sistema, os ajustes devem estar acoplados a ele. Muitas vezes já vi pessoas comentando sobre produção de leite em pasto ou confinamento. Qual o melhor? Pode rir, mas já vi gente brigando fisicamente respondendo isto.

Se eu pudesse ter me intrometido, com certeza o tinha feito. Eu gritaria: OS DOIS SÃO BONS... desde que estejam adequados ao propósito. Você sabe o que eu quero dizer com "desde que estejam adequados ao propósito"? Pessoal, se gastamos mais, temos que ganhar mais para pagar os custos, não é?

Na produção de leite a pasto, segundo a literatura e nossa vivência e desconsiderando a mão de obra, os lucros geram ao redor de 30%. Isso, 30% sem considerar a mão de obra. Para tanto, os lucros no confinamento, são ao redor de 15%. Então, somente assim, com esta informação, o confinamento deve produzir pelo menos o dobro do pasto para se manter viável. Mas, em função de outros aspectos e custos com investimento, a produção de leite em confinamento deve produzir cerca de 3 vezes mais que o sistema a pasto para se obter o mesmo lucro.

Sei que muitos estão pensando e refletindo sobre isso, mas vou dar um exemplo. Em uma produção de leite a pasto, para se obter um salário mensal de 3 mil reais, em função dos baixos custos com investimento, mão de obra, compra de animais, instalações e demais, necessita-se de uma produção ao redor de 400 litros/dia.

Já para o confinamento, este valor seria ao redor de 1200 litros por dia. Mas por que isso? Já passou pela sua cabeça que se nós desconsiderarmos a compra dos animais para se produzir 400 litros de leite em pastagem, necessitaremos ao redor de 5 hectares, considerando uma pastagem rotacionada e fornecimento de cana e ureia no inverno? Acreditem – só isso!

No confinamento, a área pode ser maior se considerarmos o plantio de volumoso como a silagem, mas em muitos casos a área é menor se comprarmos este volumoso. Mas por que o confinamento é mais caro, então? Por causa das instalações que demandam maiores investimento. Além do mais, o custo do animal é maior pela mão de obra, mecanização e outros gastos. Pois bem, tudo isso tem que ser pago. Sabe com o que? Dinheiro, é claro, mas que vem da venda do leite.

Senhores, não há segredo. Para maiores custos, maiores produções. Não tem jeito. Uma carreta faz mais ou menos 2 km com um litro de óleo diesel. Nossa como consome óleo, não? Para mim, é super econômica. Sabe por quê? Ela transporta 40 toneladas. Então, seria errado se ela consumisse tudo isso para transportar duas pessoas de 80 kg. Aí seria inviável! Outro exemplo é uma locomotiva que – pelas informações que tive – faz 0,125 km/litro. Nossa, que consumo! Não, pessoal.. super econômica. Ela transporta 30 vagões de 70 toneladas.

Para encerrarmos: vaca em pasto pode produzir menos leite, vaca de confinamento não pode produzir pouco leite.

Vamos trabalhar dentro da escala de produção? Pensem nisso!

Gostou do conteúdo? Deixe seu like e seu comentário, isso nos ajuda a saber que conteúdos são mais interessantes para você.
Quer escrever para nós? Clique aqui e veja como!

MARCO AURÉLIO FACTORI

Consultor, Factori Treinamentos e Assessoria Zootécnica.

5

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CARLOS CASTRO

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 13/10/2020

Ou seja : Qto devo gastar com o concentrado em relação ao preço pago pelo laticínio? Obrigado
MARCO AURÉLIO FACTORI

PRESIDENTE PRUDENTE - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 13/10/2020

Carlos. Esta conta é simples.. eu utilizo dentre outras coisas... se acrescento 1 kg de ração e aumenta x litros... estes x litros devem pagar este concentrado. Porém ... quanto mais barato o concentrado maior o lucro. Em si, tudo que a vaca come tem que ser pago pelo leite. Att. Marco Aurélio Factori
CARLOS CASTRO

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 13/10/2020

Qual deve ser o custo do concentrado em relação ao preço do leite?
CARLOS CASTRO

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 14/10/2020

Professor, há quem diga que o custo do concentrado deve corresponder a 32% do preço do leite pago pelo laticínio. Ou seja, se o laticínio paga por um litro de leite R$2,00 a propriedade não deve gastar mais que 0,64 para produzir um litro de leite. O senhor concorda com esse cálculo? Boa noite.
EM RESPOSTA A CARLOS CASTRO
MARCO AURÉLIO FACTORI

PRESIDENTE PRUDENTE - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 15/10/2020

Carlos, o cálculo não está longe da realidade, mas eu não concordo com esta conta. Tudo dependerá do sistema e do tipo de concentrado fornecido. Para tanto, acho que cada caso deve ser estudado de forma separada, uma vez que o preço do leite também é sazonal e por muitas vezes o custo do concentrado não acompanha este fato. Att. Marco Aurélio Factori - factori.com.br
MilkPoint AgriPoint