ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

O caminho para elevar a eficiência reprodutiva do rebanho e melhorar os resultados financeiros

Qual o segredo para ter uma Taxa de Prenhez eficiente? Afinal, esse é um indicador de extrema importância para o produtor devido ao seu elevado impacto financeiro. Localizada em Três Corações, a 300 km de Belo Horizonte, a Fazenda Campestre parece ter a resposta para essa pergunta. Na propriedade, a Taxa de Prenhez em vacas é de 31,66%, o melhor resultado dentre as fazendas avaliadas na edição número 11 do Índice Ideagri do Leite Brasileiro (IILB), o que conferiu à Campestre destaque no suplemento que acompanha a edição 11 do IILB, o “Campeãs do Leite”.

A eficiência reprodutiva consiste em tornar a vaca gestante o mais rápido possível após o período de espera voluntária. Para se ter uma ideia do quão eficiente é a taxa de prenhez na Fazenda Campestre, a média registrada nas propriedades que integram o Top 10% do IILB é de 25,38%. O desempenho é ainda mais surpreendente quando a comparação é feita com a média geral de todas as fazendas que fazem parte do estudo, que é de 17,19%.

Fazenda CampestreA pecuária leiteira é a única fonte de renda da família do Sr. Dalton Ribeiro Pereira, fundador da Fazenda Campestre. Hoje, a propriedade é administrada pelo filho do Sr. Dalton, Carlos Alberto Gonçalves Pereira, que já trouxe a terceira geração da família para participar da gestão da fazenda. Seu filho, Lucas Pereira, é médico veterinário e responsável pelo manejo reprodutivo na propriedade.

Lucas conta que o segredo para se ter uma Taxa de Prenhez tão eficiente é acompanhar os animais de perto: “A primeira inseminação é sempre IATF. Se a vaca repete o cio, ela é inseminada novamente e, caso venha vazia, repetimos o protocolo. Também fazemos seleção sobre reprodução. Vacas com histórico de muitos problemas, principalmente genéticos, são descartadas”, diz.

A Taxa de Prenhez pode ser considerada como a ferramenta mais eficiente para monitorar o desempenho reprodutivo das vacas e deve sempre ser respaldada por uma boa gestão, para que haja equilíbrio entre o desempenho zootécnico e o resultado financeiro.

No período avaliado pelo IILB, a produção de leite registrada na Fazenda Campestre foi de, aproximadamente, 7,3 mil litros de leite por dia. O rebanho é de Perfil 1 (predominância de genética europeia) e a produção média de leite por vaca é de 31 litros por dia. Já o sistema de produção para as vacas em lactação é o Compost Barn.

Quer comparar sua produção com as fazendas mais produtivas de sua região? Clique aqui e faça uma simulação, gratuitamente. Descubra quanto mais você pode lucrar na pecuária de leite.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint