ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Fazendas com gestão profissional aumentaram produção de leite na pandemia

Um total de 615 fazendas profissionais avaliadas pelo Índice Ideagri do Leite Brasileiro (IILB) entre outubro de 2019 e setembro de 2020, ou seja, com pelo menos sete meses de trabalho no período da pandemia da Covid-19, conseguiram aumentar sua produção de leite por matriz em 4,7%. Nessas fazendas, que vêm sendo mapeadas desde 2018, a produção cresceu 1,1 quilo de leite por vaca por dia, alcançando 24,4 kg/vaca/dia, contra uma produção média de 23,3 kg/vaca/dia nos 12 meses anteriores.

Heloise Duarte, cofundadora da Ideagri e organizadora do IILB, afirma que fazendas profissionais são gerenciadas com dados, seguem práticas zootécnicas, usam genética para melhorar perfil de rebanho, cuidam do conforto dos animais e se preocupam com a qualidade do leite, entre outros fatores. Essas fazendas estão ampliando sua produtividade de forma contínua. Nas 615 fazendas do estudo, enquanto a produção total de leite cresceu 6,5% (de 3.29 milhões de litros/dia para 3.51 milhões de litros/dia), o número de matrizes em lactação aumentou só 1,5%, de 138 mil para 140 mil animais.

“A produtividade pode melhorar ainda mais”, diz Heloise. Em outra avaliação, o IILB-8 analisou 1.018 fazendas de todo o Brasil e selecionou as campeãs de produtividade, as chamadas “Top 10%”, que produzem 18,5% a mais por matriz que a média dos rebanhos avaliados, alcançando 29,4 kg/vaca/dia.

“Na gangorra dos custos de produção e o preço do leite, nem sempre a conta fecha: quem tem gestão profissional consegue ganhar, quem não tem pode encontrar dificuldades para equilibrar as contas”, diz ela.

IILB: o mais completo e atualizado registro de produtividade do leite brasileiro

O IILB avalia dados de cerca de 5.000 fazendas clientes do software de gestão da empresa. Com esses dados, são elaborados 12 indicadores-chave da produção leiteira nas áreas de produção, cria e recria. Na média ponderada, os 12 indicadores compõem um índice de produtividade. “De 0 a 10, a nota atual é de apenas 4,38”, aponta Heloise Duarte.

Para se qualificarem ao IILB, as fazendas que utilizam o software de gestão Ideagri devem seguir um rígido protocolo que inclui o registro regular de dados e a realização de backups constantes. Essa metodologia faz do IILB o mais completo e atualizado registro de produtividade do leite brasileiro, com sólida base estatística. A produção dos rebanhos avaliados no IILB-8 equivale ao consumo anual de leite de 8,4 milhões de brasileiros.

Acesse www.iilb.com.br e conheça o boletim.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint