carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

Importações seguem caindo

postado em 06/10/2017

10 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Dados da balança comercial referentes às movimentações de setembro novamente apresentam queda nos volumes de lácteos importados. Ao comparar com o mês de agosto a queda foi de 25%, sendo internalizados 78 milhões em equivalente-litros de leite; a queda é bastante maior (-66%) em relação a setembro do ano de 2016. Como o cenário do mercado brasileiro se mantem enfraquecido, o interesse na importação é menor.

O produto com maior queda nos volumes internalizados foi o leite em pó integral. No mês de setembro foram importadas 2,82 mil toneladas, queda de 47% em relação ao mês anterior e 81% de queda em relação há um ano. Para o leite em pó desnatado, as importações caíram 43% comparado com o mês anterior, com 2,75 mil toneladas internalizadas. As importações de queijos voltaram a cair, depois de um aumento no mês anterior. A queda foi de 36%, com volume importado de 2,4 mil toneladas no mês. Observe na tabela 1 o resumo dos dados de exportações e importações.

Tabela 1. Exportações e importações por categoria de produto. Fonte: MDIC.

balança comercial - importações de lácteos

Ao analisar as importações e exportações, o saldo da balança de lácteos apresentou o menor déficit desde fevereiro de 2016, fechando em 64 milhões de litros de déficit (observe o gráfico 1).

Gráfico 1. Saldo da balança comercial em equivalente-leite. Fonte: MDIC.
balança comercial - importações de lácteos

As informações são do MDIC, elaboradas pela Equipe MilkPoint. 




Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Marco Liberatti

São Paulo - São Paulo - Indústria de laticínios
postado em 05/10/2017

O leite em pó industrial e o uht têm sido comercializados a preços insustentáveis já por vários meses. Vejo um mercado à deriva sem que nada de efetivo seja feito, tanto por parte dos órgãos representativos do setor quanto por parte do governo. Até o momento essa queda na importação não foi sentida.

Marcelo Branquinho Pereira

Três Corações - Minas Gerais - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Foi importado 78 milhões de litros em um único mês. No sul ,diretor de laticinio implorando pra que os produtores não aumente a produção, pois não tem onde colocar o leite. Em vários comentários na mídia a discussão é sobre a ineficiência do produtor brasileiro. Aqui é assim se o leite cai de preço a culpa é do produtor, se sobe a culpa é do produtor. Será que é este o foco do problema? Como estará o preço daqui a 1 ano ? Com tamanho desestímulo. Uma coisa é certa a culpa será do produtor. À discussão será a ineficiência do produtor , que sempre escolhe o sistema inadequado  , a tecnologia inadequada ,não é capacitado .....

Darlani de Souza Porcaro

Muriaé - Minas Gerais - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Uma vaca boa está cara, e mais caro é sustentá-la, e logicamente os custos de produção aumentam, e você  vê  o prêço de seu leite só diminuir, então é deprimente , porque não temos uma política séria voltado para o produtor, e o que acontece é muitos produtores parando de produzir,é lastimável.

marlucio pires

Edealina - Goiás - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Falou tudo Marcelo. Se o excedente é tão grande, a ponto de fazer os preços  despencarem, pq buscar leite fora, já que o leite nacional está muito barato.

Roney Jose da Veiga

Honório Serpa - Paraná - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Essa crise meus amigos produtores, foi encomendada por esse cínico banqueiro chamado henrique meirelles, assim mesmo, em minúsculo! Aconteceu esse ano com o gado, com o milho, a soja, e por aí vai... preços manipulados, mercado manipulado, tiudo com o aval de um desgoverno que quer que a classe produtiva pague a conta sozinha dos absurdos desse e dos governos passados!
Há uns 4 meses eu vi uma entrevista com esse psicopata, onde ele falava que os juros no Brasil se manteriam em patamares elevados ainda para repor as percas das instituições financeiras dos últimos dois anos!! Não, não é brincadeira, estamos trabalhando abaixo do custo no caso específico do leite para ajudar a derrubar índices de inflação que ainda não é deflação porque esse desgoverno porco ( desculpas ao porco) possa aumentar ainda mais os preços daquilo que ele comanda que é a matriz energética, o que impacta direto no nosso já alto custo de produção!
É a maior transferência de renda do setor produtivo pro setor financeiro da história desse país!!
Estamos a mercê de um governo que privilegia rentista e banqueiros!!
Sinceramente não sei se o canalha ladrão do Lula não era melhor!! Veja só a que ponto chega o desespero, apelar para ladrões, na esperança que salvem a pátria!!
Sinceramente , nossa família está no ramo do agronegócio desde a década de 70, e pela primeira vez estou com nojo e com vergonha de ser Brasileiro e produtor, e pior, ainda tem cabeça de bagre na cidade que está achando essa situação boa.. " vcs tem subsídios, juros baixos" , etc etc..
É desalentador, é caso de vender tudo e ir embora do País!!!
Por um Brasil mais Justo e Perfeito.:

Andiara

OUTRA - Tocantins - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Esse é o país que o produtor é o culpado por tudo, pois se baseiam que iremos ficar em casa parados não iremos protestar, que está tudo bem, cade nossos movimentos, cade nossa representatividade, hoje quando li os órgãos que foram representar o leite, na reunião para solicitar a compra de leite pelo governo federal, foram pouquíssimos cadê a nossa organização pra reclamar nossos direitos, estamos sentados esperando o barco afundar e esse governo nem bola, por que sabe que ficamos mansos somos caes adestrados que desistiram de lutar por nossos direitos!! É assim que sinto nossa categoria, não protestamos se protestamos somos poucos, sinto que o produtor brasileiro ta desistindo e os governos que passaram conseguiram, amansaram e tiraram a esperança do seu povo!

Andiara

OUTRA - Tocantins - Produção de leite
postado em 06/10/2017

Precisamos acordar, nos unirmos e como fazer isso através das redes sociais combinar de ir aonde nosso governantes estão e cobrarmos uma posição!
Se mais alguém tiver ideia de como podemos lutar de forma mais radical por nossos direitos agradeço, falta união pra nossa classe, sem ela não existiremos em poucos anos!
Andiara, Rio Grande do Sul

Piratan Araujo Filho

Água Doce - Santa Catarina - Produção de leite
postado em 07/10/2017

O produtor de leite no Brasil,  pelo retorno financeiro é um trabalhador escravo, não é viável manter essa atividade,  o que é reconhecido pelos bancos oficiais que cortaram os  financiamento para a pecuária leiteira. Esta categoria está certamente atrás dos   milhões de de brasileiros desempregados, uma vez que trabalham de estrelas a estrelas e não são remunerados!

Marcos Andrei de Moraes Barra

Rio Verde - Goiás - Instituições governamentais
postado em 09/10/2017

Se o produtor não unir para ter uma boa assistência técnica, manejo e adm da empresa rural, vai acabar enterrado vivo, acredito que só depende dos produtores unirem e mostrarem para o poder público que tem força, e para completar o governo federal parar de fazer graça para outros países.

joao hilton g santana

OUTRA - OUTRO - Produção de leite
postado em 10/10/2017

O produtor no Brasil , precisa fazer uma greve geral,  nem um produtor de leite entrega seu leite durante uma semana , tá barato mesmo da para os porcos , quero ver onde eles vão buscar leite para a industria de laticínios  , só baixa no mercado o leite UHT  , que é um leite de qualidade duvidosa , os produtos tirados do nosso leite , como manteigas, iogurtes , queijos não baixa nada , ficam fazendo promoções com leite de caixinha e mussarela e o resto, vamos nos unir contra esses aproveitadores.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade