FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Prolapso de vagina em cabras e ovelhas gestantes

VÁRIOS AUTORES

PRODUÇÃO

EM 25/09/2012

19
0
O termo "prolapso" se refere à descida de um órgão (vagina, reto, útero) ou de parte dele, de sua posição normal. O prolapso de vagina normalmente ocorre nas três últimas semanas da gestação e é caracterizado pela exposição da vagina ao exterior através dos lábios da vulva conforme podemos observar na figura 1.

Figura 1 - Prolapso de vagina. Fonte: NADIS (2008).



E como identificamos uma fêmea com prolapso?

No início, normalmente, o prolapso é verificado quando a cabra/ovelha está deitada, reduzindo-se quando a fêmea se levanta.

Figura 2 - Prolapso de vagina em fase inicial (Fonte: Arquivo pessoal).



Com a evolução do quadro, a vagina passa a não retornar mais a sua posição correta, havendo o progresso do prolapso da vagina (Figura 1).

Inicialmente o tecido vaginal mostra-se róseo e úmido, passando à edematoso (aumentado de volume) e congesto. Após a exposição prolongada da vagina ao meio exterior, o tecido torna-se seco e hemorrágico (figura 3) e posteriormente necrosado (morte celular).

Figura 3 - Prolapso vaginal em estágio avançado: seco, hemorrágico e necrosado.



O que leva a vagina a sair da sua posição anatômica (normal) e se pronunciar para o meio exterior?

O prolapso ocorre devido a associação de dois fatores ligados a gestação: o relaxamento excessivo dos tecidos pélvicos antes do parto que permitem a passagem do feto e o aumento da pressão intra-abdominal (aumento do tamanho do útero no final da gestação).

Embora a causa do prolapso vaginal seja incerta, vários fatores têm sido relacionados com essa patologia:

- gestação gemelar;
- estado nutricional da ovelha (muito gorda ou muito magra);
- alimento volumoso de baixa qualidade que leva a um aumento do volume ruminal e consequentemente abdominal, aumentando a pressão abdominal;
- genética;
- corte de cauda curto ou incorreto em ovelhas;
- tosse persistente.

Quais são os riscos de uma fêmea com prolapso vaginal?

A vagina prolapsada está vulnerável a traumatismos e infecções por isso é muito importante ter cuidados com a fêmea até que o médico veterinário chegue! Para isso, separe a fêmea (com o objetivo de diminuir o risco de traumatismo e lesões) dos demais animais do lote e a coloque em um local limpo e seco.

Figura 4 - Prolapso vaginal: contaminação com fezes. Fonte: UkVet (2010).



Há tratamento?

O tratamento tem como objetivo o retorno dos tecidos à sua posição normal e a manutenção da vagina na sua posição normal, permitindo que o parto ocorra sem obstáculos.

Atenção: A redução do prolapso em casos recentes é menos complicada, tornando-se mais trabalhosa para o médico veterinário quando há danos no tecido (necrose ou lesões).

Para facilitar a manobra de recolocar a vagina em sua posição normal, a fêmea pode ser colocada em um plano inclinado com a região posterior mais elevada. A anestesia epidural dessensibiliza a zona perineal e cessa as contrações uterinas.

Figura 5 - Fêmea em posição inclinada para facilitar a correção do prolapso.



Coloque a fêmea em um lugar bem iluminado, limpo e seco. Trabalhar sobre o piso de chão batido ou no campo dificulta a completa limpeza da vagina prolapsada, o que facilita a ocorrência de infecções.

Figura 6 - Correção de prolapso em local impróprio pois não permite a adequada limpeza da vagina prolapsada.



A massa prolapsada deve ser muito bem lavada com água e sabão neutro, lubrificada (a glicerina proporciona lubrificação e reduz a congestão e o edema por ação osmótica) e massageada antes de ser recolocada no local. A aplicação de compressa gelada auxilia na redução do edema e com a diminuição do volume do órgão, o reposicionamento da vagina fica mais fácil!

Figura 7 - Redução de prolapso de vagina. Fonte: UkVet (2010).



Provavelmente o médico veterinário precisará suturar (em bolsa ou colchoeiro) na vulva usando fita e agulha cirúrgica apropriadas para manter a vagina na sua posição normal. A sutura deve ser retirada próximo ao parto.

É possível prevenir o prolapso de vagina em fêmeas gestantes?

Sim, as medidas de prevenção envolvem basicamente o fornecimento de alimento de boa qualidade na fase final da gestação, monitoramento ganho de peso das ovelhas, correto corte de cauda das cordeiras (o comprimento do rabo deve ser suficiente para cobrir o ânus) e o tratamento de fêmeas com tosse.

Atenção: Como o prolapso de vagina é uma enfermidade recorrente, as fêmeas acometidas devem ser descartadas logo após o desmame de suas proles, pois provavelmente apresentarão prolapso nas próximas gestações.

Referências bibliográficas

Arthur, G., Noakes, D. E., Pearson, H., Parkimson. T., 1996.Veterinary Reproduction & Obstetrics, Seventh Edition, W. B. Saunders Company Ltd, London.
Current management of ovine vaginal prolapse in the UK. UK Vet. Vol.15, Sheep Practice, 2010. Disponível em:

Veterinária em Imagens, Álbum Pequenos Ruminantes, Foto: Prolapso vaginal em ovelha, vol.I, 1: iPR29. Disponível em:

NADIS - National Animal Disease Information.LambingProblems (dystocia), 2008. Disponível em:

MARIA ANGELA FERNANDES

Médica Veterinária pela UFPR
Doutoranda do Programa de Ciências Veterinárias da UFPR
Integrante do LAPOC - Laboratório de Produção e Pesquisa em Ovinos e Caprinos da UFPR

CARINA BARROS

Médica veterinária
Mestre em Ciências Veterinárias UFPR
Doutora em Nutrição e Produção Animal FMVZ-USP
Pós-doutorado FMVZ-USP
Atuação na avaliação econômica e modelagem

MARCIO LUIZ SOSSANOVICZ

bolsista CNPQ,
Laboratorio de parasitologia
Universidade Federal do Parana.

19

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

VALDA MANUELA

MIGUEL CALMON - BAHIA - ESTUDANTE

EM 26/02/2018

Minha ovelha pariu nesta sexta feira,dia 22 de fevereiro teve 2 cabritinho após 3 dias no caso dia 24 de fevereiro está saindo tipo um prolapso da vagina (sangue) onde ela n se alimenta direito não. O q é isso
CECI

VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO

EM 12/08/2016

Boa noite !

Minha cabra está com prolapso , o dela não é tão ruim qto mostra as fotos , mas gostaria de saber c isso prejudica o parto ? O q eu preciso fazer para q o parto não ocorra mal ?

Obrigado
JOANA DE LIMA

EM 28/11/2014

e nessesario mesmo suturar/?
JOANA DE LIMA

EM 28/11/2014

estou com uma ovelha com esse poblema.e nessesario mesmo suturar/?

BIBIANA COPETTI MICHELINI

CARAZINHO - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE

EM 31/07/2013

Aparentemente minha ovelha está em trabalho de parto, tentamos reintroduzir mas ela tem contrações e coloca de volta pra fora... Estou sem saber o que fazer. Não parece haver espaço pro cordeiro sair.
AILSON JOAO FILHO

FLORESTA - PERNAMBUCO - ESTUDANTE

EM 29/07/2013

O ideal assim como a matéria aborda, é o uso de glicerina e observar o animal no restante da gestação.
BIBIANA COPETTI MICHELINI

CARAZINHO - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE

EM 29/07/2013

Estou com uma ovelha apresentando esse problema e não sei ao certo quando ela dará cria, será que devemos reintroduzir a vagina antes do parto ou aguardar o parto? Não temos como suturar, podemos somente limpar e introduzir? Excelente artigo, muito explicativo. Parabéns!
AILSON JOAO FILHO

FLORESTA - PERNAMBUCO - ESTUDANTE

EM 08/06/2013

Parabéns pela matéria, foi muito esclarecedora pois esse problema é bastante recorrente no dia a dia dos produtores do sertão do Pajeú,sub-médio são Francisco e Itaparica.  



Ailson

Tec.Zootecnia
LUCAS AFLÍSIO REIS DA SILVA

ILICÍNEA - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 17/10/2012

Ótima reportagem, só fiquei com uma dúvida sobre a caudectomia. Por que fator predispõe ao prolapso vaginal e a correta realiazação da mesma.

Obrigado...
MARCIO LUIZ SOSSANOVICZ

CURITIBA - PARANÁ - MÉDICO VETERINÁRIO

EM 04/10/2012

Prezado José



Agradecemos pelo seu comentário!

Que bom que nosso artigo auxiliou na tomada da decisão!

Muito obrigado!



Abraço!
MARIA ANGELA FERNANDES

CURITIBA - PARANÁ

EM 03/10/2012

Prezada Jordana,

Agradecemos pelo seu comentário!

No mês de novembro iremos escrever a matéria sugerida sobre prolapso de útero!!!

Muito obrigada

Abraço!
MARIA ANGELA FERNANDES

CURITIBA - PARANÁ

EM 03/10/2012

Prezado José,

Agradecemos seu comentário e já estamos preparando um material com bastante ilustrações e que aborde de forma simples a anatomia do aparelho reprodutor da cabra e da ovelha!

Abraço

Mara Angala
JOSE BRAGA DA SILVA JUNIOR

ITAPETININGA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE

EM 03/10/2012

Excelente matéria e PARABÉNS,  tive um caso recentemente, mas foi pós parto e tinha pouco conhecimento sobre o problema, consultei um veterinário e eu mesmo consegui com sucesso tratar o problema. Tinha dúvida quanto a continuar com o animal no rebanho ou descartá-lo, e sou grato pela informação  na matéria.
JOSÉ ASSENÇÃO DAS NEVES SOBRINHO

TERESINA - PIAUÍ

EM 02/10/2012

parabéns pelo artigo em destaque, continuo pedindo aos amigos que disponibilice para os proximos artigo a anatomia do sistema reprodutor das ovelha e cabras.

Obrigo.
TIAGO SCHULTZ

MAFRA - SANTA CATARINA - PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE

EM 01/10/2012

Terrenos muito ingrimes sao outro fator??

LUCIANO FERREIRA DOS SANTOS

MIRANTE - BAHIA - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 28/09/2012

Muito boa matéria, parabéns
JOSÉ ASSENÇÃO DAS NEVES SOBRINHO

TERESINA - PIAUÍ

EM 27/09/2012

Amigos responsáveis  pela materia sobre prolapso, gostaria de ver na proxima materia a anatomia do sistema reprodutor a ovelha.

Obrigo
ESTÉFANO DA MOTA PEREIRA

CURAÇÁ - BAHIA - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 26/09/2012

Um outro fator que acrescentaria é a deficiencia mineral.
JORDANA ANDRIOLI SALGADO

CURITIBA - PARANÁ - OVINOS/CAPRINOS

EM 26/09/2012

Parabéns pelo tema, muito oportuno e corriqueiro no campo. O artigo é bem esclarecedor, seria interessante uma segunda parte sobre prolapso de útero.



Abraços.