FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

USTR toma medidas contra o Canadá por "minar os produtores de leite dos EUA"

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 14/12/2020

3 MIN DE LEITURA

0
0

O US Dairy Export Council (USDEC), a National Milk Producers Federation (NMPF) e a Edge Dairy Farmer Cooperative apoiaram o anúncio de que o Representante de Comércio dos EUA (USTR) iniciará consultas oficiais com o Canadá para examinar a administração de suas cotas sujeitas a tarifas (Tariff Rate Quota - TRQ) para lácteos.

O USTR disse que ao separar e reservar uma porcentagem de cada TRQ de lácteos exclusivamente para os processadores, “o Canadá minou a capacidade dos produtores de leite americanos de utilizar os TRQs acordados e vender uma ampla gama de produtos lácteos aos consumidores canadenses”.

O Representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert E. Lighthizer, disse: “As medidas do Canadá violam seus compromissos e prejudicam os produtores de leite dos EUA. Estamos desapontados com o fato de que as políticas do Canadá tornaram esta primeira ação de execução sob o USMCA (Acordo Estados Unidos-México-Canadá) necessária para garantir a conformidade com o acordo. Essa ação demonstra que os Estados Unidos não hesitarão em usar todas as ferramentas disponíveis para garantir que os trabalhadores, fazendeiros, pecuaristas e empresas americanas desfrutem dos benefícios que barganhamos.”

Apoiando a mudança, Tom Vilsack, presidente e CEO da USDEC, disse: “Sabíamos desde o primeiro dia que a fiscalização seria a chave para trazer os benefícios pretendidos para a indústria de laticínios dos EUA. Aplaudo o USTR por ouvir nossas preocupações e por confiar em nossa orientação para tomar essa etapa crítica de aplicação e garantir que o contrato seja executado na letra e no espírito. Esta é a primeira etapa crítica, mas mais trabalho pode ser necessário para garantir que o Canadá também cumpra seus compromissos da USMCA relacionados à Classe 7 ”.

Mesmo antes de sua entrada em vigor, o USDEC e o NMPF monitoraram as ações do Canadá em relação aos compromissos do USMCA e instaram o Congresso e o governo a fazer disso uma prioridade assim que o USMCA entrasse em vigor.

USDEC e NMPF alegam que o Canadá distorceu sua administração da TRQ para limitar as importações dos EUA.

No início deste ano, o USDEC e o NMPF destacaram para o USTR e o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) o que disseram ser as inconsistências entre as alocações de TRQ de laticínios do Canadá e as obrigações do USMCA do Canadá. Em um arquivo detalhado apresentado à administração, a NMPF e o USDEC forneceram às agências uma revisão legal específica do sistema TRQ canadense e uma explicação dos impactos negativos deles resultantes.

“Os produtores de leite da América apreciam o compromisso do USTR com a aplicação justa e transparente do USMCA”, disse Jim Mulhern, presidente e CEO da NMPF.

“A fiscalização tem sido uma das principais prioridades de nosso setor desde que o acordo final foi anunciado, e temos trabalhado diligentemente para garantir que continue sendo uma das principais prioridades do USTR também. Somente quando o Canadá for totalmente responsabilizado por seus compromissos comerciais, os produtores de leite dos Estados Unidos poderão aproveitar todos os benefícios das disposições que o governo dos Estados Unidos trabalhou tão arduamente para garantir.”

“Esperamos trabalhar de perto com o próximo governo também, uma vez que os esforços de fiscalização provavelmente exigirão um foco sustentado no futuro.”

Em agosto, 104 representantes enviaram uma carta ao USTR e ao USDA solicitando que o Canadá fosse responsabilizado por suas promessas comerciais, enquanto uma carta no Senado era assinada por 25 senadores.

A Edge Dairy Farmer Cooperative, uma das maiores cooperativas de laticínios do país, também apoiou a mudança do USTR.

O presidente da Edge, Brody Stapel, disse que o anúncio “mostra que o escritório do USTR está garantindo que nossos produtores de leite e processadores realizem o acesso adicional ao mercado do recém-criado acordo comercial do USMCA. Em nome de nossos produtores de leite, Edge agradece o compromisso do USTR em manter o Canadá no acordo conforme pretendido e negociado.”

O USTR disse que se os EUA e o Canadá não puderem resolver as questões dos EUA por meio de consultas, os EUA podem solicitar a criação de um painel de solução de controvérsias do USMCA para examinar a situação.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint