FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

UE: relatório procura criar um futuro sustentável para os lácteos

Um novo relatório analisou os desafios e oportunidades em toda a cadeia de valor do setor leiteiro europeu. A análise, encomendada pela Arla Foods, aponta para ações concretas para garantir um futuro sustentável do setor.

Conduzido pelo Instituto de Política Ambiental Europeia (IEEP), o estudo concluiu que é necessário que a indústria de lácteos, políticos, governos e grupos de interesse trabalhem mais de perto no futuro, para que o setor europeu continue evoluindo para um modelo de negócios sustentável. Também aponta para a necessidade de encontrar um equilíbrio entre os aspectos econômicos, ambientais e sociais do setor.

Segundo o IEEP, já existem muitas empresas agrícolas viáveis ??que entregam produtos fabricados de forma sustentável. No entanto, mover todo o setor de laticínios nessa direção exigirá parcerias e as pessoas envolvidas precisarão ser apoiadas durante a transição e incentivadas a fazer parte dessa mudança.

O CEO da Arla, Peder Tuborgh, disse: “Queríamos uma avaliação honesta e realista da indústria de laticínios europeia e era importante que um terceiro independente fizesse essa pesquisa. O relatório expõe claramente os desafios. Mas também ficou claro o quanto o setor de laticínios retribui à Europa. Precisamos levar em consideração todo o impacto da atividade quando identificamos o caminho certo para manter e desenvolver um setor europeu de lácteos econômico e estável, que participa ativamente da criação de um futuro sustentável.”

Ele acrescentou que espera que o relatório contribua para as discussões em andamento sobre como o setor de alimentos da Europa deve ser sustentável em termos de economia, meio ambiente, saúde e qualidade de vida, conforme descrito no European Green Deal.

Durante um período de seis meses, o IEEP entrevistou partes interessadas em toda a cadeia de valor, desde produtores de leite, fabricantes de máquinas, sindicatos, ONGs ambientais e de bem-estar animal e grupos de consumidores. Os resultados foram revisados ??por um painel de acadêmicos internacionais, representando interesses em toda a cadeia de valor.

Entre as recomendações do relatório, está a necessidade de a indústria de laticínios continuar no caminho acelerado em direção à produção líquida de carbono zero, enquanto eleva os padrões de bem-estar animal e transparência da produção.

É necessária uma reforma para ajudar os agricultores na transição para uma maior sustentabilidade, aumentando, ao mesmo tempo, a qualidade e o valor dos produtos entregues, preferencialmente incentivando mudanças positivas e não penalizando.

Também há a necessidade de igualdade de condições em toda a UE sobre padrões de bem-estar animal, rotulagem de alimentos e uma definição clara do que é uma dieta sustentável para ajudar os consumidores a tomar decisões com base em informações mais precisas e comparar os alimentos que compram.

Por fim, deve-se desenvolver caminhos que permitam aos jovens agricultores ingressar na indústria para trazer novas habilidades, ideias e abordagens ao setor.

Tuborgh disse: “O relatório recomenda que nos unamos como uma indústria e trabalhemos de perto com governos, grupos de interesse e consumidores. Estou confiante de que isso pode ser alcançado e sei que a Arla Foods fará sua parte. Como cooperativa de agricultores, temos um grande senso de responsabilidade de liderar o setor de laticínios e estabelecer as parcerias necessárias.”

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.