FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Tensão entre EUA e Irã preocupa exportadores

A tensão entre Estados Unidos e Irã ligou o sinal de alerta do setor agropecuário brasileiro, que vendeu mais de US$ 2,2 bilhões em produtos ao país do Oriente Médio em 2019. A relação comercial envolve a exportação, pelo Brasil, principalmente de grãos, carnes e açúcar, e a importação de ureia, utilizada para a fabricação de fertilizantes. Autoridades de Brasília e entidades privadas acompanham a situação para medir possíveis impactos na agenda internacional.

Ao lado do Japão, o Irã é o principal comprador de milho do Brasil. Em 2019, segundo dados da Secretaria de comércio Exterior (Secex), absorveu 14% dos embarques do cereal, que foi o principal produto da pauta exportadora brasileira para aquele país — cerca de 44% das vendas totais aos iranianos no ano passado. De janeiro a novembro, foram 5,4 milhões de toneladas, ou quase US$ 1 bilhão.

Segundo o diretor-executivo da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Sérgio Mendes, a “situação preocupa”. O principal temor é que, diante da provável ampliação dos embargos dos EUA ao Irã, os embarques do Brasil sejam afetados. Por enquanto, as negociações continuam normais, mas o monitoramento é constante.

“O acirramento das tensões também pode levar a uma piora na situação econômica do Irã e à diminuição das compras. Além do aprofundamento das sanções econômicas e das dificuldades logísticas de enviar as cargas até lá”, diz Matheus Andrade, consultor em Comércio Exterior da MBJ Consultores Associados. Ele diz que a turbulência gerada e o posicionamento tomado pelo Brasil frente ao conflito podem atrapalhar de alguma forma a relação comercial também com países vizinhos, como o Iraque. “Mas as dificuldades só devem ocorrer em caso de um conflito de maiores proporções”. A preocupação, segundo o especialista, é pela importância do Oriente Médio para as carnes do Brasil.

As informações são do Valor Econômico.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.