FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Sete principais tendências de alimentos e bebidas que impulsionam a indústria alimentícia

A Tetra Pak identificou sete tendências de alimentos e bebidas, em torno das áreas de higiene, digitalização e experiência individual, que foram e continuam sendo os principais impulsionadores da indústria neste ano.

De acordo com Ratanasiri Tilokskulchai (Taan), diretora da Tetra Pak Ásia-Pacífico em Serviços de Marketing para Cluster, essas tendências foram identificadas pela equipe de análises globais da empresa por meio de uma variedade de métodos, incluindo audição social, pesquisas, comparações, coleta de informações e muito mais. “Nós apenas nomeamos essa iniciativa como Trendopedia há alguns anos, mas esse trendspotting da Tetra Pak está em andamento há muito tempo”, disse Taan.

Saúde, sustentabilidade e transparência estão se tornando normas da indústria, assim como o digital, e cada vez mais valor é encontrado em experiências individuais com objetivos específicos. Desta vez, descobrimos que as tendências se estendiam desde exigências básicas de higiene e saúde até digitalização. Pegamos o que torna as marcas de alimentos e bebidas especiais e capazes de se destacar no setor e as arredondamos para sete tendências principais”, continuou ela.

Após sua apresentação durante um evento exclusivo para a mídia tailandesa e cingapuriana, realizada no Customer Innovation Center (CIC) da empresa, em Cingapura, a Tetra Pak compartilhou as sete principais tendências, identificadas abaixo:

1) Escolhas Saudáveis

"A demanda por escolhas saudáveis é impulsionada por uma aspiração por longevidade e naturalidade, mas sua definição pode ser bastante fluida e dinâmica", disse Taan. “Por exemplo, as gorduras que antes eram consideradas "ruins" agora encontraram um lugar como "boas" com o surgimento de lipídios saudáveis, enquanto o consumo excessivo de açúcar tem sido cada vez mais evidenciado como prejudicial à saúde humana”.

Ela também descreveu essa tendência como tendo uma aceleração muito mais forte na região Ásia-Pacífico, em comparação com outras partes do mundo. "Juntamente com a implementação dos impostos sobre o açúcar e outros esforços governamentais e a crescente conscientização do consumidor, essa tendência se tornou muito mais forte, embora tenha sido muito mais proeminente em outros lugares anteriormente", explicou.

2) Futuro Amigável

A sustentabilidade tornou-se uma consideração importante para muitas marcas quando se trata de produção de alimentos e bebidas e manter processos "amigos do futuro" é cada vez mais importante. "Ser ambientalmente amigável e sustentável, seja em atividades ou operações comerciais, é muito importante", disse ela. "Ficamos surpresos ao ver que, mesmo em países como a Indonésia, onde não esperávamos que isso tivesse uma grande relevância, também era muito importante nas listas de empresas e consumidores".

3) Verdade Nua

"Quando se trata de transparência, é importante descobrir tudo, seja sobre a marca, os ingredientes ou a origem deles - é isso que os consumidores querem", acrescentou Taan. A rastreabilidade foi citada como um componente principal dessa tendência, assim como a necessidade de reduzir o uso de nomes de ingredientes que os consumidores não conseguem entender nos rótulos.

4) Simplesmente agora

Isso se refere à crescente necessidade de conveniência, além de consumidores que desejam cada vez mais as coisas instantaneamente e na ponta dos dedos”, explicou ela. “O produto e as informações não devem apenas estar facilmente disponíveis, mas a marca como um todo deve estar presente on-line para os consumidores descobrirem mais ou fazerem compras. A janela de oportunidade é agora e as marcas que não acompanham o processo perderão."

Em termos de produção, essa crescente necessidade de simplicidade e velocidade também impulsionou o aumento da automação durante os processos de fabricação.

5) Glocalmente feito

O termo "glocal" descreve os gostos atuais dos consumidores como locais e globalizados - querendo sabores de longe, mas também o gosto do lar. "Por exemplo, um consumidor da Malásia pode querer experimentar algo como o chá africano, mas também gosta muito do leite local de avur kurma", disse Taan. "Nossa pesquisa mostra claramente que os consumidores não estão apenas interessados em um ou no outro, mas em ambos."

6) Toda a experiência

Ela acrescentou que hoje a comida e a bebida foram além dos sabores e do consumo, mas também mostram uma necessidade crescente de proporcionar um encontro experimental. “A experiência está nos detalhes e em poder compartilhá-los via mídia social ou aprimorá-los com o uso de tecnologias como Realidade Aumentada (AR).”

7) História de um

"Isso tem tudo a ver com customização e personalização", diz Taan. “Não se trata de criar produtos diferentes para cada indivíduo, mas falar com os consumidores. Para produtos com baixo teor de açúcar ou baixo teor de gordura, por exemplo, hoje em dia a mensagem costuma ser 'para você que quer cuidar de si mesmo ou que leva um estilo de vida ativo', e assim por diante”.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.