FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Curiosidades: banco de dados contém história de mais de 1.800 queijos

Independente da matéria-prima utilizada, o queijo é um alimento popular. Seja feito com leite de vaca, ovelha, búfala; ou inclusive variedades sem lactose, como o queijo de tofu. Para reunir toda essa variedade, o site Cheese.com formou um banco de dados online com informações e histórias de 1.829 tipos de queijo diferentes. O site permite que o usuário busque queijos de acordo com diversos filtros: o tipo de leite usado, a textura, a cor ou o país de origem. Lá estão desde o tradicional parmesão, da Itália, até o chancliche, queijo libanês envolto em um preparado de tomilho, pimenta e outras especiarias. Além de apresentar os queijos e suas histórias, o site também apresenta sugestões de harmonizações entre os tipos do alimento e vinhos, além de dar dicas para o corte e armazenamento dos queijos.

O queijo no Brasil

O queijo é um alimento milenar. Acredita-se que a produção de queijo começou há cerca de 5.000 anos, por povos da Ásia Central e do Oriente Médio. No Brasil, a produção do alimento iniciou por volta do século XVIII. A meta da Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (Abiq) é fazer com que o brasileiro consuma 7,5 quilos ao ano até o fim de 2020. No país, os queijos feitos a partir de leite de vaca são os mais populares, compreendendo 90% da produção nacional. O tipo de queijo mais fabricado e consumido no Brasil é o muçarela, de origem italiana, dada a sua grande aplicação no preparo dos mais diversos tipos de pratos, como pizzas e sanduíches. O estado de Minas Gerais é o principal produtor de queijo no Brasil, com 25% da produção total do país. Ao todo, a atividade movimentou R$ 22 bilhões em 2018, segundo a Abiq.

As informações são do Nexo Jornal, adaptadas pela Equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.