FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Monitoramento da Conab mostra que chuvas beneficiam lavouras de milho segunda safra

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 23/06/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

A primeira quinzena de junho foi caracterizada pelo retorno das chuvas na região Sul, parte de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Esta condição climática beneficiou as lavouras de milho segunda safra em estado de enchimento de grãos e proporcionou a continuidade da semeadura e do desenvolvimento dos cultivos de inverno. Na região do Sealba, nova fronteira agrícola que engloba parte de Alagoas, Sergipe e Bahia, as chuvas favoreceram a implantação e o desenvolvimento do milho terceira safra.

Estes são os destaques do 6º Boletim de Monitoramento Agrícola produzido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A análise abrange os cultivos de verão 2ª safra (2019/2020) e os de inverno (2020), durante o período de 1º a 15 de junho deste ano. A publicação está disponível na página da Conab.

Ainda de acordo como estudo, não houve precipitação na região central do país, assim como no Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), o que é normal nesta época do ano. Esta condição favoreceu a maturação e a colheita do algodão e do milho segunda safra. Por outro lado, áreas de milho segunda safra plantadas fora da janela ideal e que ainda se encontram em enchimento de grãos podem ter sido prejudicadas, principalmente nas regiões onde a umidade do solo estava mais baixa.

Já na região Sul, em parte da região Norte e no leste da região Nordeste houve chuvas durante toda a primeira quinzena deste mês. Isto favoreceu o desenvolvimento do milho terceira safra na região conhecida por Sealba e do milho segunda safra ainda em frutificação no Paraná. Essa condição também foi favorável para o início do desenvolvimento dos cultivos de inverno na região Sul.

No Mato Grosso do Sul e em São Paulo as chuvas do início do mês trouxeram alívio aos produtores. Entretanto, a média diária do armazenamento hídrico no solo durante a primeira quinzena de junho ainda ficou abaixo de 25% na maior parte de São Paulo, no leste e no centro norte do Mato Grosso do Sul. Já no Sul, o índice de umidade ficou acima de 40% durante todo o período em praticamente toda a região.

As informações são da Conab.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.