FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Mercados lácteos do Reino Unido estão em risco de ruptura

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 02/12/2020

2 MIN DE LEITURA

0
0

O mercado de lácteos britânico parece fadado a sofrer alguma perturbação no novo ano, independentemente do tipo de acordo comercial firmado com a União Europeia (UE). Assim que o Reino Unido se tornar um terceiro país em termos de comércio, todas as exportações de laticínios para o continente enfrentarão requisitos administrativos adicionais. Isso incluirá declarações alfandegárias, controles de fronteira e, para qualquer produto de origem animal, como laticínios, um certificado sanitário de exportação (EHC, da sigla em inglês).

Isso afetará particularmente os produtos lácteos frescos e pode levar à pressão sobre os preços do creme de leite e do concentrado desnatado. 

O mercado de lácteos da Reino Unido atualmente equilibra a oferta do excedente de produtos com as exportações para a UE. O creme a granel e o concentrado de leite desnatado são exportados para a UE quando:

  • falta capacidade de processamento para se converter em manteiga ou pó, ou
  • quando os preços no mercado da UE são mais atraentes do que no Reino Unido, ou
  • quando os preços no mercado da UE são mais atraentes do que a transformação em manteiga ou em pó.

Esse comércio permite que o mercado do Reino Unido equilibre a demanda doméstica com o fornecimento e ajuda a manter os preços domésticos alinhados com os mercados da UE.

A partir de 1º de janeiro de 2021, a necessidade de ter um EHC para cada carga destinada à UE poderia atrapalhar esse comércio, devido ao custo e tempo adicionais necessários.

A própria natureza dessas negociações, a venda de produtos frescos, excedentes às necessidades imediatas, significa que são feitas em curto prazo e exigem um rápido retorno. A probabilidade de ter acesso a um veterinário qualificado para assinar o EHC a tempo pode tornar o processo insustentável.

Sem a capacidade de equilibrar o mercado interno, quaisquer volumes excedentes precisariam ser desviados para usos alternativos. Para o creme a granel, os excedentes poderiam ir para a manteiga, e os preços se alinhariam com o valor equivalente da manteiga. Atualmente, o creme a granel está atraindo um prêmio devido aos preços mais altos disponíveis no mercado de exportação da UE.

Para o concentrado desnatado, o produto excedente seria mais difícil de colocar, pois há menos capacidade de processamento no Reino Unido. A capacidade é particularmente limitada durante o período de Natal e o fluxo de primavera. Sem a capacidade de exportar volumes excedentes devido a atrasos, existe o risco de que algum concentrado desnatado precise ser desviado para as fábricas de  produção anaeróbicas durante esses períodos, reduzindo o retorno líquido para os vendedores.

As informações são da AHDB, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint