FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Lucro do GPA cai 20,1% no segundo trimestre

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 30/07/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) registrou lucro atribuído aos controladores de R$ 334 milhões no segundo trimestre, queda de 20,1% na comparação anual. O lucro líquido das operações continuadas, por outro lado, somou R$ 274 milhões, crescendo 322% ante o mesmo período do ano passado.

A receita da companhia subiu 58,7% de abril a junho, para R$ 20,77 bilhões. Segundo a empresa, o desempenho da receita é atribuído principalmente ao crescimento das vendas totais do GPA no Brasil, de 20,1%, superior ao desempenho do mercado no período. A companhia destacou a expansão bem-sucedida da rede de atacarejo Assaí, a otimização do portfólio de lojas do segmento Multivarejo e a “aceleração expressiva do ecossistema digital”.

Na última linha do balanço, o resultado foi afetado, entre outros fatores, pelo crescimento de 57,7% na despesa financeira líquida, para R$ 473 milhões, e de 97,7% na linha de imposto de renda, para R$ 121 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização registrou crescimento de 94,9%, para R$ 1,54 bilhão.

“O resultado apresentado no segundo trimestre demonstra a melhoria operacional do grupo e a assertividade das estratégias adotadas, com retomada importante do Multivarejo, consistente performance do Assaí e consolidação do forte resultado do Grupo Éxito [operação sulamericana do GPA], que mais que compensaram a maior depreciação e o maior custo da dívida”, acrescentou a companhia, em sua divulgação de resultados.

A empresa encerrou o trimestre com caixa de R$ 7,74 bilhões, duas vezes a dívida de curto prazo, de R$ 3,89 bilhões, e crescimento de 64% em relação ao caixa do segundo trimestre de 2019.

A dívida líquida da companhia no fim de junho era de R$ 9,46 bilhões, contra R$ 1,4 bilhão no mesmo período de 2019, refletindo principalmente a captação de recursos destinados à aquisição do Grupo Éxito. A relação dívida líquida/Ebitda ajustado foi de 2,2 vezes, comparada a 2,5 vezes no primeiro trimestre.

As informações são do jornal Valor Econômico. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.