ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Leite: produtor e indústria criticam legislação defasada

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/09/2013

1 MIN DE LEITURA

4
0
A legislação que regulamenta a inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal (Riispoa), considerada defasada pelo setor lácteo, foi apontada nesta terça-feira, 17, como um dos entraves ao setor.Em audiência pública na subcomissão do Leite da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, que debateu a 'confiabilidade da cadeia produtiva do leite', o presidente da Comissão Nacional da Pecuária Leiteira da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Alvim, lembrou que a legislação tem mais de 60 anos e foi criada quando não havia tecnologias como ordenha mecânica e transporte refrigerado. O presidente do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados de São Paulo (Sindleite), Carlos Humberto Mendes de Carvalho, cobrou do governo uma 'lei para que as indústrias possam cumprir'.

A proposta do novo regulamento do Riispoa foi enviada à Casa Civil no final de 2009 pelo então ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, mas o seu sucessor Wagner Rossi optou por submeter o texto mais uma vez à análise das indústrias. O presidente da subcomissão do Leite, deputado federal Alceu Moreira (PMDB/RS), disse que a Câmara dos Deputados vai cobrar do ministro da Agricultura, Antônio Andrade (PMDB/MG), um prazo para publicação do Riispoa e, se não houver definição, o assunto irá para a Justiça.

Na avaliação do chefe geral da Embrapa Gado de Leite, Duarte Vilela, o grande desafio da pecuária leiteira para avançar rumo a qualidade é superar as fragilidades, como a diversidade de estrutura de produção, de biomas, de raças bovinas, de tipos de forragem (alimentação), de sanidade do rebanho, de capacitação e de graus de instrução dos criadores. Ele citou uma pesquisa que mostra que 57% dos produtores de leite são pouco alfabetizados e outros 22% são analfabetos, que teriam dificuldades para entender uma cartilha. Mesmo com as dificuldades, Duarte Vilela prevê que a produção brasileira de leite passará dos atuais 34 bilhões de litros para 46 bilhões a 50 bilhões em 2023, quando o Brasil estará entre os sete maiores exportadores de lácteos. 

As informações são da Agência Estado.

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SABRINA ROHDT DA ROSA

VIÇOSA - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 19/09/2013

Acredito que o Riispoa pode até estar defasado quanto ao setor lácteo, mas vale lembrar que atualmente existe a Instrução Normativa 51/2002; a IN 22/2009, e a IN 62/2011, que regulamentam a Produção, Identidade e Qualidade do leite. Não teriam estas Instruções Normativas, aspectos legais para as indústrias seguirem?
GISELA MARINA ALVARADO

CAMPINAS - SÃO PAULO - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA LATICÍNIOS

EM 19/09/2013

A legislação deve ser tal que que atenda a um plano nacional de desenvolvimento do setor, que está defasado em relação a qualidade, a inovação, entre outros requisitos e não a interesses de certos setores, em parte responsável por esta situação.
GUSTAVO ESTEVES

POÇOS DE CALDAS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 19/09/2013

Bom dia a Todos,

Acredito que precise de uma nova reestruturação nesta Legislação, porem com maior critérios para fiscalização. Fazer algo com padrões nos quais não é nossa realidade estaria fora de questão, poderia ser algo simples porem funcional para Governo, Indústrias e Produtores.



MARCO TÚLIO FERREIRA

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 18/09/2013

A  legislação é simples; é diminuir a tributação do setor e ter qualidade no produto (asseio na produção, equipamentos e manejo dos animais). Conscientizar os produtores na importância de se produzir um bom produto, e os consumidores também fazer seu papel, " exigir produtos de qualidade".

MilkPoint AgriPoint