ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

EUA: Programa de subsídios poderá ser estendido

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 14/10/2005

2 MIN DE LEITURA

0
0
Um plano do Senado dos Estados Unidos poderá estender o programa federal de suporte aos preços dos produtos lácteos, mas deverá reduzir a quantidade de dinheiro que os produtores receberão por ele.

Pela proposta, que será votada pelo Comitê de Agricultura do Senado na quinta-feira, o programa de Compensação de Perda de Rendimento com Leite (Milk Income Loss Compensation - MILC) seria estendido por dois anos. Porém, junto com outros pagamentos rurais, o programa seria cortado em 2,5%. Além disso, a taxa de compensação para os baixos preços do leite seriam reduzidas.

O programa acaba de expirar, dia 30 de setembro. Quando os preços caem abaixo de um nível referencial, o programa paga aos produtores de leite um valor para cobrir 45% da diferença. Pelo plano do senador Saxby Chambliss, presidente do Comitê de Agricultura, a taxa seria reduzida para 34%.

A provisão do MILC é uma das várias no plano de gastos destinados a reduzir os custos rurais em US$ 3 bilhões.

Os produtores de Wisconsin e Minnesota estão entre os principais beneficiados do programa. Desde seu início em 2002, o programa MILC já pagou aos produtores de leite de Wisconsin mais de US$ 400 milhões, mais do que a qualquer outro Estado do país. Os produtores de leite de Minnesota receberam cerca de US$ 162 milhões. No total, o programa, financiado pelos impostos do país, já pagou pouco mais de US$ 2 bilhões.

Como o programa paga aos produtores somente quando os preços estão baixos, muito pouco foi pago nos últimos dois anos, quando os preços estiveram acima da média. Desta forma, mesmo o programa tendo sido interrompido em 30 de setembro, isso não terá um efeito imediato porque os preços estão muito altos para estimular qualquer pagamento em outubro.

O programa MILC se tornou assunto da corrida presidencial dos EUA no ano passado, quando Democratas usaram-no para contestar o compromisso do presidente George W. Bush com os produtores de leite do Estado de Wisconsin. Bush respondeu apoiando o programa e pedindo ao Congresso que o renovasse, o que não ocorreu.

Grupos de pagadores de impostos têm classificado o programa MILC como um desperdício de dinheiro, notando que o sistema de suporte aos preços dos lácteos, que antecede a isso, já fornece uma rede segura aos produtores. Pelo programa, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) oferece a compra do excedente de queijos, manteiga e leite dos produtores.

Fonte: Associated Press (por Frederic J. Frommer), adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint