FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Escócia: com produção de leite superior ao consumo per capita, Müller cortará 14 fornecedores

A empresa Müller Milk & Ingredients verificou um aumento sem precedentes de 25% da produção escocesa de leite, que vai além da demanda local dos consumidores.

Após uma análise de um mês, a empresa disse que introduzirá medidas para enfrentar o problema. Os 230 fornecedores de leite escoceses da Müller aumentaram cumulativamente a produção desde 2014, equivalendo a 33 litros de leite adicionais por ano para cada pessoa na Escócia.

Atualmente, o excesso de leite está sendo transportado para a Inglaterra, onde há mercado, resultando em mais de 6.000 movimentos de navios-tanque percorrendo um total de 4,1 milhões de quilômetros.

Para resolver o problema, a Müller reduzirá o volume total de leite comprado na Escócia. Quatorze fornecedores localizados no nordeste da Escócia receberão um aviso prévio com antecedência de um ano.

A empresa disse que esses produtores de leite estão localizados em áreas que apresentam grandes desafios de transporte logístico. Caso encontrem um comprador alternativo antes do final do período de aviso prévio, a empresa apoiará uma mudança anterior. Os produtores afetados foram contatados diretamente pela equipe de serviços agrícolas da Müller.

A Müller disse que também introduzirá uma taxa de transporte diferenciada para fornecedores na Escócia a partir de fevereiro de 2020. Os produtores de leite mais desenvolvidos assumirão um custo proporcionalmente mais alto do que aqueles que possuem produção menos evoluída.

Para fazendas com expansão superior a 15%, haverá uma sobretaxa de 0,85 pence por litro (ppl) (1,1 centavos de dólar) produzido; a sobretaxa será de 0,55ppl (0,71 centavo de dólar) para fazendas com expansão de 5% a 15%. Isso cai para 0,25ppl (0,32 centavo de dólar) por litro para expansões de até 5%. A taxa, que será revisada anualmente, será aplicada a todas fazendas e grupos, exceto as de Aberdeenshire, que já pagam taxa de transporte.

Rob Hutchison, diretor de suprimento de leite da Müller Milk & Ingredients, disse: “Compreendemos plenamente que essas medidas sejam extremamente indesejáveis e desestabilizadoras para nossos fornecedores, principalmente no nordeste da Escócia, mas a situação atual é inviável e devemos agir. Concluímos, em nossos laticínios em Bellshill no ano passado, o maior investimento individual em processamento de leite fresco na Escócia em mais de uma década e continuaremos a fazer o possível para estimular a nova demanda por leite fresco. Mas com o leite fresco já em 96% das geladeiras do país e a demanda geral do consumidor pelo produto em declínio marginal, a realidade é que é extremamente improvável que esse setor absorva os níveis elevados de produção de leite das fazendas que vimos. Nossa equipe de serviços agrícolas agora trabalhará em estreita colaboração com os produtores de leite afetados e faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para ajudá-los a se adaptar às mudanças que terão que fazer."

Durante o período em análise, a Müller buscou opiniões e sugestões do conselho de produtores do Müller Milk Group, eleito para representar os produtores de leite, da National Farmers Union Scotland e do Governo escocês.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

Em 01/11/19 - 1 Libra Esterlina = US$ 1,29358

                           0,77305 Libra Esterlina = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.