ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Enquete: maioria acha que aftosa afeta mercado de leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 09/11/2005

3 MIN DE LEITURA

0
0
"Você acha que o surto de febre aftosa em MS pode afetar o mercado do leite? Como?", essa foi a enquete que o site MilkPoint fez durante os dias 14/10/2005 a 03/11/2005. Entre os leitores 90% acreditam que sim, o surto de febre aftosa pode afetar o mercado do leite ante 10% dos leitores que optaram pelo não.


O que é Febre Aftosa?

A febre aftosa é causada por sete tipos diferentes de vírus altamente contagiosos. Trata-se de um dos menores vírus encontrados na natureza, o aftovírus. A doença causa febre alta, muita salivação e vesículas nos lábios, gengiva, língua, mamas e patas, impossibilitando os animais de pastar. O vírus se espalha através do contato entre os animais, além da contaminação do solo e da água.

Foco em MS

A ocorrência do primeiro foco de aftosa foi confirmado pelo Mapa, no dia 10/10/2005, na fazenda Vezozzo, no município de Eldorado, na região sul do Mato Grosso do Sul. Até o dia 08/11/2005 notificaram-se ao todo 22 casos de febre aftosa em MS.

Sim, afetará

Entre os que acreditam que o mercado do leite será afetado pelo foco de febre aftosa em MS estão André Luiz Cenci, produtor de leite em Ibicaré - SC, Marius Cornélis Bronkhorst, produtor de leite em Arapoti - PR, Roberto Garbelini, produtor de leite em Paranaíba - MS, Fernando José Rodrigues Cardoso, médico veterinário da Casmil em Passos - MG, Fernando Cerêsa Neto, produtor de leite no Distrito Federal, Marcos Koch Ortiz, assistência técnica na Cooperativa Castrolanda em Castro - PR, Cid Aires de Carvalho, produtor de leite no Distrito Federal, Rafael Madureira, empresário em Cassilândia - MS, Clemente da Silva, gerente de mercado em Campinas - SP e Edivandro Souza, produtor de leite em Betim - MG.

Muitos leitores compartilham da opinião de que a desinformação dos consumidores, a redução das exportações e as barreiras sanitárias são fatores que afetarão o mercado do leite.

Para o produtor de leite, Fernando Cerêsa, a febre aftosa afetará o mercado de leite pelo fato dos produtos lácteos brasileiros concorrerem com produtos de países com políticas sérias de qualidade do leite e sanidade do rebanho. Já para o produtor Marius Cornélis Bronkhorst, de Arapoti - PR, este foco em MS já afetou e afetará ainda mais o mercado: "cooperativas como Arapoti, Batavo e Castrolanda estão jogando leite pelo ralo", completa.

Roberto Garbelini, produtor de leite em Paranaíba - MS, diz que a aftosa já o está prejudicando: "mesmo possuindo sua fazenda a 900 km dos municípios afetados pela febre aftosa, estou recebendo R$ 0,25 por litro no tanque de resfriamento, pois estão comercializando nosso leite no laticínio de São Gabriel do Oeste - MS. Um absurdo, pois estamos distantes dos municípios afetados pela febre aftosa e somente a 18 km de Minas Gerais e 50 km do estado São Paulo.", conclui Roberto.

Clemente da Silva acredita que não só o mercado do leite foi afetado como também a credibilidade do país perante aos outros países. "Em qualquer país do mundo, os responsáveis por uma negligência desse tipo, e todos nós sabemos que foi negligência, estariam presos e seriam responsabilizados pelos prejuízos causados à nação e aos seus colegas de profissão", indignasse Clemente.

Não afetará o mercado

Entres os que acreditam que o foco em MS não afetará o mercado de leite estão Marcos Luiz Soares, médico veterinário em Ipatinga - MG, Edvalson de Souza Martins, funcionário público em Goiânia - GO, Paulo Henrique Barroso, produtor de leite em Eugenópolis - MG, entre outros.

Edvalson Martins e Paulo Henrique Barroso compartilham da opinião de que o MS, por não ser um grande produtor de leite, tem pouca representatividade no mercado de lácteos.

Já para o leitor Marcos Soares, a aftosa não afetará o mercado, pois segundo o leitor não há nada que interfira nos valores pagos aos produtores, a não ser as próprias indústrias. "O mercado do leite varia por excesso ou diminuição do consumo, justificada pela queda no poder aquisitivo da população", completa.

Fonte: Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint