FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Dólar alto valoriza o leite em pó do Brasil no mercado internacional

Um tema que se sobressaiu nos debates da Câmara do Leite, realizados, nesta quinta-feira, pela OCB e pela Fecoagro em Porto Alegre, são as boas perspectivas para exportações de leite em pó. Com a alta do dólar e a valorização do produto, Caio Viana, presidente da CCGL e integrante do conselho da Fecoagro, informa que o leite em pó brasileiro se tornou bastante competitivo. Além disso, diz Viana, o dólar alto inibe importações, o que favorece a indústria e o produtor brasileiros.

O executivo explica que a China - que, neste ano, abriu seu mercado aos lácteos brasileiros, por exemplo - já vinha fazendo prospecção de fornecedores por aqui, mas esbarrava no preço. Viana conta que o "ponto de corte" para a competitividade para exportação era, até recentemente, a cotação a US$ 3,5 mil a tonelada de leite em pó com o dólar a R$ 4,00. "Hoje, com o dólar a R$ 4,20 e a tonelada do leite em pó a
US$ 3,2 mil, temos condições de exportar e conseguir remunerar no mesmo preço do mercado interno. Nos últimos anos, ocorria sempre o contrário, era o mercado interno que mais remunerava", esclarece Viana.

O presidente da CCGL conta, por exemplo, que a cooperativa está embarcando leite em pó para a Argélia. Para a China, ainda não há comercialização efetiva, mas deve ocorrer em 2020, já que a CCGL está habilitada e com prospecções no mercado asiático sendo feitas.

As informações são do Jornal do Comércio.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.