FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

DFA seleciona nove startups relacionadas com leite para programa de aceleração

A Dairy Farmers of America (DFA) revelou as nove startups selecionadas para ingressar no seu acelerador de 2020, enquanto o programa é lançado remotamente nesta semana.

O esquema imersivo de 90 dias fornece orientação e treinamento, com foco em áreas como desenvolvimento de negócios, desenvolvimento de produtos e marketing, para ajudar os participantes a acelerar o crescimento. As startups participantes também têm oportunidades de se encontrar com diferentes executivos da DFA, outros investidores relevantes e líderes do setor.

Devido à pandemia de coronavírus, o programa está iniciando virtualmente, com a esperança de ter algum aprendizado em grupo no local em julho.

Os finalistas do acelerador na íntegra:

  • Armenta (Ra'anana, Israel): desenvolvedora de uma tecnologia não invasiva para o tratamento da mastite bovina sem antibióticos.
  • Capro-X (Ithaca, Nova York): empresa agtech com uma solução sustentável para resíduos de soro de leite oriundos da produção de iogurte grego.
  • Livestock Water Recycling (Alberta, Canadá): recicla esterco transformando em água limpa e segregando nutrientes para aplicação como fertilizantes de precisão.
  • Mi Terro (Los Angeles): marca de moda sustentável que usa excesso de leite para fazer camisetas para homens e de mulheres.
  • Chank's Grab-N-Go (Millville, Nova Jersey): empresa de lanches portáteis com um portfólio de cones de pizza, cones de philly cheesesteak, entre outros.
  • GoodSport (Chicago): empresa que produz uma bebida esportiva totalmente natural feita de leite, com eletrólitos e vitaminas naturais.
  • SuperFrau (Cambridge, Massachusetts): reutiliza o excesso de soro de leite para fazer bebidas eletrolíticas, sem adição de açúcar.
  • Wheyward Spirit (Eugene, Oregon): criador de uma bebida alcóolica premium feita a partir de soro de leite.
  • Yaar Nordic Quark Bar (Londres) - produz snacks nórdicos refrigerados usando quark fresco, uma mistura de leite de vaca e ácido lático natural.

Doug Dresslaer, diretor de inovação da DFA, disse: "Estamos empolgados com as empresas da turma deste ano. Não é apenas o maior grupo que já tivemos, mas muitas dessas empresas estão desenvolvendo produtos e soluções de ponta. Além disso, nos setores de agro-tecnologia e alimentos, temos empresas que fazem coisas realmente legais, com sustentabilidade e subprodutos lácteos, que é um foco estratégico para a nossa cooperativa e a indústria".

O DFA diz que até agora já trabalhou com 25 empresas em seu programa de aceleração. Os participantes do ano passado incluíram um fabricante de guloseimas com leite em pó e uma empresa que desenvolveu um probiótico que diminui a produção de metano do gado em 50%, quando usado junto com nitrato.

As informações são do FoodBev.com, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.