ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Consumidor paga menos pelo leite e prefere longa vida

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/07/2005

3 MIN DE LEITURA

0
0
A queda do dólar, o aumento das importações e o crescimento da produção leiteira do Brasil contribuíram para uma redução de preço do leite. Para o consumidor, o preço do litro caiu, em média, 15% nos últimos dois meses. A caixa de um litro do leite longa vida, o campeão de consumo, que em maio chegou a ser comercializada por R$ 1,40 (a marca mais barata do mercado), atualmente, custa R$ 1,25 nos supermercados. Para os produtores, a queda foi cerca de 10% no preço do litro.

No ano passado e início de 2005 o leite estava valorizado no mercado interno. O custo no Brasil chegou, inclusive, a ser superior aos praticados na Argentina e no Uruguai, países concorrentes. ''O mercado interno não suportou o preço alto e com a desvalorização do dólar frente ao real, as importações cresceram'', explicou o diretor-executivo da Cooperativa Frimesa, de Medianeira, Elias José Zydek.

No primeiro semestre deste ano as importações de leite em pó e derivados foram 52% maiores do que no mesmo período do ano passado. Além deste fator, a produção nacional aumentou entre 6% e 8% nos primeiros seis meses do ano, enquanto o consumo interno não acompanhou o crescimento. ''O consumo de leite não acompanhou o crescimento vegetativo da população. Além disso, de um modo geral o comércio de derivados de leite caiu 8% neste primeiro semestre'', afirmou Zydek. Segundo ele as vendas de iogurte caíram 30% e as de queijo 12%.

A produção brasileira de leite é de 23 bilhões de litros por ano. O Paraná é o quarto maior produtor nacional e responde por cerca de 10% da produção. São mais de 50 mil produtores de leite. Segundo dados do Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do Paraná (Conseleite), em maio, do total da produção estadual, 47% foram para leite UHT, 13,3% para leite em pó, 9,7% para comércio de leite cru entre as indústrias, 6,6% para queijo prato e o restante para fabricação de outros produtos.

Caindo

A tendência é que o preço do leite caia ainda mais para o atacado. Se isso ocorrer, o custo também vai refletir para o consumidor. ''A tendência é que o preço caia para próximo de R$ 1'', avaliou o responsável técnico de Qualidade do Leite e Logística da Cooperativa Castrolanda, de Castro, Marcos Barreto Vaz.

Na região, o custo de produção é de R$ 0,51. Em junho, o preço pago era de R$ 0,61 por litro, neste mês já caiu para R$ 0,54. ''Em agosto ficaremos com déficit. Mas acreditamos que em agosto o mercado vai reagir'', prevê Vaz.

Exportações

De país importador de leite e derivados, o Brasil passou a exportador. No primeiro semestre do ano, foi comercializado leite em pó, queijo e leite condensado para países da Europa, América do Sul, Ásia e para o México. Esse comércio contribuiu para que os preços permanecessem estáveis e acompanhassem a cotação dos últimos dois anos. ''Mas a queda do dólar, que inviabilizou as exportações, aliada ao aumento na produção de leite está gerando um excedente interno há três meses'', afirmou o presidente do Sindicato da Indústrias do Leite e de Laticínios do Paraná (Sindileite), Wilson Thiensen.

Longa vida

A praticidade e o prazo de validade estendida são as principais vantagens apontadas pelos consumidores para o consumo do leite longa vida. Enquanto o produto pode ser armazenado por até seis meses, o leite pasteurizado tem que ser consumido em, no máximo, quatro dias.

Em uma rede estadual de supermercados, as vendas de leite longa vida são 70% superiores às de pasteurizado. Enquanto o preço de uma caixa varia de R$ 1,29 a R$ 1,80, o custo do saquinho está entre R$ 1,04 e R$ 1,10. ''Acreditamos que a caixinha venda mais porque é mais prática. É só abrir e consumir'', avaliou o encarregado do setor, Vilson Vieira de Melo.

Fonte: Folha de Londrina/PR (por Fernanda Mazzini), adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint