ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Chile rechaça acordo com Nova Zelândia

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 05/05/2001

1 MIN DE LEITURA

0
0
A Federação dos Produtores e Industriais Leiteiros do Chile (Fenaleche) reiterou seu rechaço a qualquer acordo comercial com a Nova Zelândia. Em declaração pública, a organização informou que o setor lácteo chileno (produtores e indústrias) deverá trabalhar para projetar o País como possível exportador, aproveitando as vantagens zoossanitárias que possui.

A Fenaleche sustenta a idéia de que o País deve buscar seu próprio caminho para melhorar a produção leiteira e otimizar a comercialização dos produtos. Segundo a organização, é necessário aumentar a produção, melhorar a qualidade dos produtos e aumentar o consumo per capita de leite no Chile (que atualmente está em torno de 130 litros/ano), através de campanhas publicitárias. Dessa forma, seria possível que os produtores recebessem um melhor preço pela matéria-prima.

Com relação à Nova Zelândia, a Fenaleche informou que esse País possui um mercado de leite e produtos lácteos muito reduzido, sendo mais de 90% de toda a produção exportada, chegando a cerca de 18 a 20% do rendimento total neozelandês com exportações. Dessa forma, sendo um País essencialmente exportador, a Nova Zelândia está buscando otimizar e aumentar sua produção leiteira. Um exemplo disso é que, entre os anos de 1990/2000, a produção cresceu de 7,3 milhões para mais de 12 milhões de toneladas, ou seja, média de 6,5 a 7% anual.

Por isso, a New Zealand Dairy Board, maior entidade exportadora do mundo, com subsidiárias em todo o mundo, discrimina preços na colocação de seus produtos nos diferentes destinos, de acordo com os seus objetivos comerciais e o grau de competitividade.

O Chile, desde 1994 sem acordo comercial algum, já sofreu embates da Nova Zelândia, com importações de queijos que, em 1997, superaram 13% da produção nacional, a níveis de preços inferiores aos do mercado internacional. Essas importações causaram grandes prejuízos à indústria de queijos chilena.

fonte: El Mercurio, adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint