ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

MG: estado terá centro de referência para a cadeia leiteira

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/02/2021

2 MIN DE LEITURA

0
1

Um centro de referência para o agronegócio do leite será criado e Minas Gerais. O trabalho conjunto entre Sistema FAEMG/SENAR/INAES, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e outras entidades convidadas foi o que instituiu a unidade. O centro será utilizado como espaço de pesquisa, treinamento, difusão de tecnologias e aprimoramento de todos os elos da cadeia.

Durante uma videoconferência entre as duas entidades na última semana, com a participação de coordenadores e gerentes regionais do Sistema FAEMG e diretores da EPAMIG, sob condução do superintendente do SENAR MINAS, Christiano Nascif; o superintendente técnico da FAEMG, Altino Rodrigues; e a presidente da EPAMIG, professora Nilda Soares, que proposta foi instituída. 

A criação do centro foi um desafio lançado pelo presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões. Junto com o Centro de Excelência na Cafeicultura e o Centro de Pecuária de Precisão, o intuito do novo centro é valorizar uma das principais cadeias do agronegócio no estado.

Tradição 

A proposta é construir a unidade tendo como base a estrutura do Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), em Juiz de Fora, entidade tradicional e reconhecida na formação de técnicos em laticínios. A Embrapa Gado de Leite e os Sindicatos Rurais da região também serão convidados para agir em conjunto. 

Foco na cadeia do leite

“A ideia é, principalmente, aperfeiçoar o atendimento ao nosso principal cliente, o produtor rural mineiro, e ao agronegócio mineiro. Sistema FAEMG e EPAMIG, juntos, têm tudo para fazer uma mudança muito positiva para o nosso estado nessa área”, frisa Christiano Nascif. Para Nilda Soares, a parceria é factível e faz justiça ao leite, um grande produto do agro mineiro ao lado do café. “Minas merece um local para gerar tecnologia e difundir conhecimento para os nossos agricultores. Com certeza a EPAMIG quer fazer parte disso. Quanto mais capacitarmos nossos produtores, mais rápido as tecnologias chegarão ao campo”, afirma a professora.

“Minas Gerais está muito bem representada com essa parceria. Vai ser um sucesso, todos sairão ganhando”, analisa o superintendente técnico da FAEMG, Altino Rodrigues. “Com o Centro de Excelência da Cafeicultura tão adiantado, nossos produtores de leite não poderiam deixar de ter o seu centro de referência. Para isso, nada melhor que o Sistema FAEMG se unir com a EPAMIG e, por consequência, a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimeto [SEAPA]", conclui.

A reunião foi um início da discussão, que agora passará pelo aprimoramento das entidades envolvidas, as atribuições de cada parceiro e criação de um plano de trabalho.

As informações são da FAEMG/SENAR/INAES 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint