FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Produção aumenta em vacas tratadas com Velactis, informa casal de veterinários mineiros

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 30/01/2020

1 MIN DE LEITURA

0
3

Soraya Carpanez Veiga Barbosa e Guilherme da Silva Furtado Barbosa são de São João Nepomuceno (MG). Casados há 15 anos – desde que começaram a trabalhar juntos em uma fazenda – também seguiram a mesma profissão: a medicina veterinária.

Hoje, eles vivem em Poços de Caldas, com atuação em municípios mineiros, incluindo Andradas, Botelhos, Cabo Verde, Elói Mendes, São Gonçalo do Sapucaí e Três Corações, e paulistas, como Divinolância, Franca e Itobi. “A veterinária permite viver a vida intensamente, e juntos. Desenvolvemos sempre trabalho sincronizado para melhorar resultados e processos”, destaca Soraya.

Esses processos e resultados, especialmente os econômicos, são importantes para quem trabalha com vacas de alta produção. “Hoje assessoramos um grupo de fazendas com números muito positivos, mesmo com desafios, como o estresse térmico e o pós-secagem do leite”, diz Guilherme. “Esse problema causa pesados prejuízos na maior parte das fazendas de leite do país”.

De acordo com Soraya, casos de mastite e posterior abortamento eram comuns. A perda da produção e a morte de alguns animais representavam graves prejuízos. “O uso do facilitador de secagem de leite, Velactis, nos ajudou a minimizar estes problemas”, informa a veterinária. O medicamento, produzido pela Ceva Saúde Animal, é o único do mercado nacional em sua categoria.

“O primeiro benefício observado a partir do uso de Velactis é o aumento do bem-estar das vacas, que ficaram menos estressadas devido à ausência do acúmulo excessivo de leite no úbere. Durante dois anos, avaliamos os resultados de uma fazenda cujas vacas produziam 35 litros/dia até a secagem. Com o tratamento, elas passaram a produzir 1,5 litro a mais do que as não tratadas com Velactis”, cita o casal.

Vendedor técnico de campo da Ceva, Wanderlei Gurzoni atua com Guilherme e Soraya e destaca a competência da dupla de veterinários. “Eles possuem grande conhecimento teórico e prático para contribuir para o aumento da produtividade das fazendas. Por isso, têm obtido excelentes resultados. É motivo de orgulho tê-los como parceiros, proporcionando saúde e conforto aos animais”, afirma Gurzoni.

Para saber mais entre em contato pelo box abaixo:

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint