FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Sala de resfriamento. Por que fazer? Como? Vale a pena?

POR HAYLA FERNANDES

VACA FELIZ

EM 19/06/2020

5 MIN DE LEITURA

2
22

Você está na estrada. Sua velocidade está só aumentando, aumentando, aumentando... e seu carro está sem freio. Qual a chance de algo ruim acontecer? Grande? O raciocínio é o mesmo quando se trata de estresse térmico. A temperatura das vacas vai aumentando e não se faz nada para frear. Basta olhar uma fazenda no inverno e no verão.

Caros amigos, a vaca evoluiu ao longo dos últimos anos. Há algum tempo as pessoas achavam que vacas de 20 litros eram de altíssima produção. Hoje temos vacas de 50 litros. Mas o que aconteceu no meio do caminho? Evoluímos muito na questão genética, nutricional, sanitária, enfim... Entendemos muito melhor de onde vem o leite, mas apenas na última década que os produtores começaram a entender que o conforto é o que dá suporte para tudo isso funcionar e esse leite vir. Nossas vacas, assim como nossos carros, têm mais motor, têm combustível de qualidade, mas as vezes estão indo para a pista sem freios. Observe a dinâmica de temperaturas no gráfico abaixo, tudo que está acima da linha vermelha é estresse térmico.

estresse termico vacas de leite resfriamento

Medição de temperatura de vacas de alta produção em Compost Barn em Goiás. A linha verde é a temperatura corpórea, a linha vermelha é o limite para entrarem em estresse térmico. Observe a queda da temperatura sempre que as vacas vão para ordenha onde elas ficam na sala de resfriamento. Essa sala era muito bem montada e elas ficavam os 40 minutos. Observe o horário que as vacas começam a esquentar. Veja que elas esquentam na madrugada, especialmente se você desliga os ventiladores. Fonte: Hayla Fernandes.

Pense na sala de resfriamento como um freio para o super aquecimento (ou estresse térmico das vacas). Ela é o principal freio para esse aumento da temperatura. Aquecer é normal, é fisiológico, mas passar de 39.1°C é problema! Quando elas passam dessa temperatura começam a perder rendimento. A produção cai, o consumo cai, a reprodução cai. Isso acontece basicamente porque há um vazamento de energia. A energia que deveria estar virando leite, hormônios e tudo mais vira suor, baba e respiração ofegante.

Quando resfriar? Sempre que tiver chance! Antes da ordenha é o momento que elas ficam mais à toa, então aproveite! As vacas vão acumulando calor ao longo do dia, então freie esse aquecimento antes de elas estarem aceleradas demais. Por isso o banho na primeira ordenha é mandatório! Esfrie-as antes de entrarem em estresse. Se fizer isso bem feito e elas forem para a sombra após a ordenha, garantimos algo em torno de 3 horas fora de estresse térmico (obviamente isso depende do desafio de temperatura e umidade, uma coisa é estar a 20° com baixa umidade outra a 38° com umidade a 90%).

Além dos momentos pré-ordenha aproveite as brechas no manejo, especialmente a noite, mesmo se você tem barracão. Vacas a pasto geralmente passam muito calor durante o dia mas passam a noite fora de estresse. Com vacas confinadas ocorre o contrário: elas passam bem o dia mas podem entrar em estresse durante a noite, especialmente se os ventiladores estiverem desligados. Isso se dá pois a construção irradia o calor acumulado ao longo do dia. Logo, um banho noturno (em torno das 22:00h) seria muito bem vindo e evite ao máximo desligar os ventiladores.

Como resfriar? A ideia é molhar e secar os animais, simulando uma secagem de suor, porém potencializada. Por que não só vento ou só água? É o seguinte: quando molhamos o dorso dos animais, o calor do corpo passa para a água e o ventilador sopra evaporando a água quente, isto é, “roubando” o calor do animal. Se fizermos isso várias vezes a temperatura corporal realmente cai (olhe o gráfico no começo do artigo). Importante: Precisamos de 40 minutos de resfriamento (por lote) para que isso seja efetivo, pensando em 1 minuto molhando e 4 secando. Quanto melhores os ventiladores e bicos melhor o resultado.

Resfriar compensa? Quais os benefícios? Você vai gastar em torno de 3 litros de água por vaca a cada molhada (em 40 minutos cabem 8 ciclos então vão cerca de 24 litros), mas, se você não der esse banho, a vaca vai beber essa quantidade água na tentativa de se esfriar, ou seja, o gasto é basicamente o mesmo. O incremento de produção é de cerca de 2 a 4 litros dependendo do desafio, mas o melhor disso é que esse leite vem porque você está contendo um vazamento de energia. Ou seja, você já está pagando por ele. O retorno de uma sala de resfriamento vem em cerca de 3 a 6 meses, mais rápido que de um barracão, por exemplo, e com efeito somatório ao barracão. 

Portanto, nunca, jamais, construa um barracão sem sala de resfriamento! Lembre-se: você está melhorando a potência do motor e esquecendo do freio do carro. Além da produção, há benefícios em imunidade, longevidade e até em reprodução, se os banhos forem mais intensos.

Como montar? Algumas medidas básicas pra te ajudar (em breve vai sair um curso no EducaPoint falando sobre sala de resfriamento, fique ligado!). Faça sempre uma divisão entre espera e pré espera para que possamos resfriar 2 lotes ao mesmo tempo. Área: consideramos 2 m² por vaca. Ventiladores: conte cerca de 1 ventilador grande (1,60m ou mais) a cada 4 metros de vão livre lateralmente e o alcance do vento será de 10 a 15 metros para frente ou seja chegando ao fundo da sala (ventilador de granja nem pensar, ok?). Bicos: pode usar bicos de agricultura, contanto que se faça as contas corretamente. Vamos calcular sempre com base em 3 litros/vaca/ciclo, ou seja, se usamos um bico de 5 litros por minuto e a sala comporta 50 animais (100m²), usaremos 30 bicos. Distribua esses bicos ao longo da sala de maneira uniforme para que molhe todas as vacas em qualquer lugar da sala.

Quais lotes devem ser resfriados? Todos! Além do pré-parto. Pré-parto? Sim, pré parto! Elas sofrem com estresse térmico e resfriá-las vai garantir maior número de células no úbere (que está em reconstituição nesse período) e melhor imunidade nesse momento tão crítico. Compensa? Sim! Elas respondem com 1000 a 1400 litros a mais na próxima lactação, além da saúde da mãe e bezerra que agradecerão esse cuidado.

Dicas finais: monte sua sala da melhor maneira que puder e proporcione sombra para que o resfriamento dure. Dê banhos sempre de 40 minutos, todos os dias, em todas as ordenhas, para que não haja variação para os funcionários e brecha para falhas de manejo. Se você está de blusa, provavelmente a vaca não estará com frio ainda, pois a faixa de temperatura ótima delas fica em torno de 5 a 15°C. Último: explique a importância dos banhos aos seus funcionários, explique a importância deles no processo, fale a razão de tudo isso!

Muita informação não é mesmo? Em breve vai sair o curso com mais informações sobre como montar a sala de resfriamento. Fique ligado! Por ora fico por aqui na esperança de ter ajudado a clarear as ideias e entender como podemos, com uma construção relativamente simples, melhorar bastante o conforto dos animais e ter ganhos em produção, imunidade, longevidade e até reprodução. A próxima publicação será sobre: Sala de resfriamento X Resfriamento na linha de cocho. Até a próxima!

HAYLA FERNANDES

Médica veterinária pela UFG e mestre em sustentabilidade e pecuária. Atua principalmente com conforto animal e período de transição de vacas leiteiras. Proprietária do perfil @vaca_feliz_oficial no Instagram.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ADRIAN MARTINS FERREIRA

AVANHANDAVA - SÃO PAULO

EM 23/06/2020

No caso da ordenha da madrugada em uma temperatura na faixa de 15graus, ainda assim, se faz necessário o resfriamento?
CIDO JOSÉ

SÃO BERNARDO DO CAMPO - SÃO PAULO

EM 22/06/2020

Artigo muito bom e bem explicativo...
Portanto vamos resfriar as vaquinhas para termos muito leite de ótima qualidade...
MilkPoint AgriPoint