FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Usando cerca elétrica: 5 pontos chave para montar um sistema rotacionado

EDUCAPOINT

EM 18/09/2020

2 MIN DE LEITURA

0
3

A cerca elétrica é uma ótima opção para sistemas pecuários baseados em pastagens. Quando utilizada corretamente, essa tecnologia permite otimizar o uso da área, aumentar a eficiência do pastejo rotacionado, com custos muito inferiores às cercas convencionais.

Confira abaixo 5 pontos chave no planejamento do projeto:

 

#1 Quais os equipamentos e materiais necessários?

Isso depende se a cerca elétrica será temporária ou fixa. Para a cerca elétrica fixa, normalmente se usa mourões e arames. Já para a cerca elétrica temporária, utiliza-se varetas plásticas, vergalhões, fios e fitas. 

 

#2 Qual a distância entre os mourões?

Quem determina essa distância é o relevo. Os mourões precisam ser usados como suporte de arame, e não, como cerca, já que não é ele que vai segurar o animal, mas sim, o choque. Dependendo do relevo, se for plano, pode ter mais de 50 metros de distância de um poste ao outro. Se não for plano, esse espaçamento precisará ser reduzido, copiando o relevo da área para que o arame se mantenha na altura desejada. 

 

#3 Quantos fios a cerca deve ter?

Quem determina o número de fios primeiramente é a categoria animal. Quando há animais de categorias diferentes, é necessário utilizar dois fios com alturas diferentes. 

Outra informação importante aqui é o tipo de clima ou solo. Se a fazenda está em solo arenoso ou em lugares onde há seca em algum período do ano, é importante saber que, nessas condições, o animal não toma o choque.


 

#4 Que tipos de protetores/isoladores utilizar?

Existem vários tipos de isoladores, como Isolador externo W, isolador externo anel com parafuso e a mangueirinha. A preferência é ao uso de isolador externo, porque a mangueirinha tende a dar mais manutenção. Isso porque, dentro da mangueirinha, acumulam-se água e sujeira que corroem o arame. Arame enferrujado não é um bom condutor. A mangueirinha também escapa muito do poste, fazendo com que haja contato do arame com o poste, descarregando o choque. Além disso, a mangueirinha resseca muito rápido, deixando de ser isolador. Assim, o ideal é usar isoladores externos.

 

#5 Como escolher o eletrificador?

O eletrificador deve ser escolhido por potência e não por quilometragem. A potência necessária dependerá da qualidade do material utilizado, além de outras características da fazenda. Apesar de não ser preciso utilizar quilometragem para dimensionamento do aparelho, usa-se uma média (que não é regra): para cada joule liberado de potência, pode-se colocar 5 quilômetros de arame. O ideal é analisar caso a caso, sendo esse número uma média.

 

Quer ler a matéria completa? Confira clicando aqui! 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint