ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Como otimizar o espaço físico do supermercado? Parte I

Assim como em qualquer outro segmento, o setor de supermercados está cada vez mais competitivo. Vivemos um período de grandes mudanças no meio, tanto em termos de relacionamento com o cliente, quanto na  maneira de ofertar os produtos. Ser eficiente, otimizar processos e buscar diferenciais viraram tarefas obrigatórias para quem quer sobreviver no mundo globalizado.

Neste sentido, gestores supermercadistas procuram adotar estratégias pautadas na experiência do consumidor dentro das lojas. Ou seja, quem quer aproveitar todos os recursos disponíveis e aumentar as vendas precisa estar atento ao comportamento de seu público-alvo. Afinal, dentro desse comportamento estão uma série de detalhes que vão determinar sua decisão de compra.

Seguindo o panorama do mercado, o consumidor também está cada vez mais exigente e criterioso. Analisar o seu comportamento implica em entender fatores físicos que motivam sua compra (visita na loja, conversa com vendedores, contato com os produtos etc) e fatores psicológicos (construção de marca, avaliação de atributos, motivações etc).

Para se adequar às vontades e exigências desse consumidor, uma das estratégias mais importantes é a otimização do espaço físico do supermercado. O ponto de venda é um dos principais ativos de qualquer marca. Trata-se de um trunfo fundamental para multiplicar as receitas e, portanto, não pode ser colocado em segundo plano dentro das operações do negócio.

Mas o que exatamente significa otimizar o espaço físico? Na prática, é o mesmo que rentabilizar ao máximo a área do supermercado. Organizar prateleiras e produtos de modo que gere o maior retorno possível. O grande objetivo aqui é usar estratégias assertivas de organização que resultem no aumento do tíquete médio do cliente.

Sim, dependendo de como você escolhe e distribui os produtos na loja, o consumidor vai comprar mais ou menos. Por meio da tecnologia, ainda é possível fazer um monitoramento constante para entender se as estratégias estão no caminho certo e ir sempre ajustando essa organização, até porque o comportamento do consumidor altera frequentemente.

Mix de produtos e organização de prateleiras

Quando o assunto é organização dentro de um supermercado, muito se fala sobre a distribuição dos produtos dentro das gôndolas, tópico que abordaremos na sequência deste e-book. Porém, a verdade é que essa organização começa um passo antes, na definição do sortimento de produtos que sua loja vai oferecer e no layout que você utilizará.

Uma gestão de mix significa escolher quais produtos serão disponibilizados na loja e a quantidade de cada um deles. Apesar dessa decisão parecer fácil, são vários os critérios que devem ser levados em conta, sempre com o foco no público-alvo. No livro “Varejo no Brasil: Gestão e Estratégia”, Juracy Parente elenca os seguintes pontos que vão nortear essa escolha:

  • 1) Amplitude: refere-se ao número de categorias, subcategorias e segmentos de produtos que a loja comercializa;
  • 2) Profundidade: diz respeito ao número de marcas e itens de cada categoria;
  • 3) Preço e qualidade: relacionado aos segmentos de consumidores para os quais o negócio está direcionado;
  • 4) Marcas próprias e políticas de marcas: desenvolver produtos a serem vendidos com exclusividade; 
  • 5) Importância ou papel da categoria: depende do posicionamento estratégico do varejista. As categorias podem assumir as seguintes classificações: 

como otimizar o espaço físico de um supermercado

O gerenciamento correto do mix de produtos facilita a jornada do consumidor e evita que o cliente desista da compra por não encontrar algum dos itens desejados. A partir da definição do mix de produtos, cria-se um novo layout de loja, que deverá se adequar ao conjunto de produtos oferecidos no supermercado.

O layout é uma planta com a localização das seções, gôndolas, caixas e demais setores da loja. A principal ideia aqui é rentabilizar ao máximo cada parte do estabelecimento. Na prática, isso significa que se você estiver desperdiçando uma porcentagem boa do seu espaço físico com produtos que são pouco atraentes ao consumidor, é a hora de rever o seu layout. 

como otimizar o espaço físico de um supermercado

Se no mundo corporativo o “tempo é dinheiro”, na realidade supermercadista “o espaço é dinheiro”, portanto nenhum metro quadrado pode ser desperdiçado.

Além de valorizar os espaços disponíveis, um layout eficiente deve incentivar os consumidores a trilhar um caminho dentro da loja para que, inconscientemente, eles sejam guiados a comprar sempre mais do que o planejado. Afinal, é muito mais fácil “convencer” um cliente a comprar mais do que atrair um novo consumidor à sua loja.

Por fim, não se esqueça de algumas dicas básicas, como oferecer corredores amplos, reservar espaços para locais que acumulam filas (como açougue e padaria, por exemplo) e investir em uma sinalização efetiva das prateleiras. 

Uma boa gestão do layout auxilia na fidelização de clientes, atrai novos consumidores e aumenta a lucratividade do negócio. Portanto, vale a pena se atentar e planejar uma estratégia de organização macro, antes de focar-se na distribuição dos produtos, tópico que abordaremos na sequência.

Nesta série de materiais, a Novidá com contribuição da Bluesoft usam suas expertises em tecnologias no setor supermercadista para mostrar como você pode melhorar a eficiência do seu supermercado por meio da otimização do espaço físico. Além apontar as melhores práticas na organização de gôndolas e produtos, falaremos também sobre o papel crucial da tecnologia nesse cenário! Fique de olho nas próximas publicações! 

ANDRÉ FARIA GOMES

CEO na Bluesoft em São Paulo, Trainer na Adaptworks, Mentor da Liga Ventures e Investidor na Wow Aceleradora. Bacharel em Sistemas de Informação pela FIAP e MBA Executivo pela Universidade de Pittsburgh.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.