FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Sorvetes probióticos: desafios e potencialidades

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

EM 26/08/2015

2 MIN DE LEITURA

2
0
sorveteExiste uma regra geral de que é impossível agradar a todos. Ok, mas essa regra não se aplica para os sorvetes. Dez entre dez pessoas apreciam sorvete, sendo que grande parte delas o apreciam “sem moderação”. E temos alguns argumentos que aliviam a nossa culpa depois de haver devorado um pote inteiro: é feito com leite, com frutas, tem proteínas, tem cálcio... Mas também sabemos que tem gordura e açúcar. É verdade. Porém, existem algumas opções no mercado de produtos com menos calorias. 

A atratividade do produto está já garantida pelos aspectos sensoriais que tanto nos encantam. Quem sabe agora o produto não deveria ganhar enfoque em saúde e funcionalidade? Sendo de matriz láctea, não seria possível agregar probióticos em sua fabricação? Sim, é possível e alguns países já o fazem. Embora existam desafios específicos para incorporar e manter viáveis as culturas probióticas durante toda a vida de prateleira do sorvete, algumas empresas têm obtido sucesso nesta empreitada. Etapas chave que precisam ser monitoradas são batimento (onde a incorporação de ar pode representar um obstáculo para sobrevivência das culturas probióticas), congelamento e estocagem (que podem levar também a redução de sobrevivência das referidas culturas). Outros destaques são a definição da(s) cultura(s) probiótica(s) a ser adicionada(s) e o momento da adição. É importante lembrar que as culturas probióticas quando empregadas na elaboração de um produto precisam manter contagens elevadas de suas células para que efeitos de promoção de saúde sejam atingidos. Por isso as empresas que desenvolvem e comercializam sorvetes probióticos precisam apresentar um bom controle de qualidade de seus produtos.

Os aspectos sensoriais também precisam ser avaliados, já que sorvetes probióticos podem apresentar variação no sabor, em comparação aos produtos tradicionais. Novamente as etapas de formulação e controle de qualidade terão papel fundamental na otimização do produto.

Você deve estar se perguntando porque ainda não temos sorvetes probióticos no Brasil até o momento. Confesso que existe uma razão para isso... Em nosso país sorvetes são considerados alimentos de consumo ocasional não devendo, portanto, receber alegação de propriedade funcional.

Quem sabe os ventos mudem... e nossa sobremesa deliciosa ganhe um atrativo a mais.

Referências

CRUZ, A. G.; ANTUNES, A. E. C.; HARAMI, J. B.; PILLEGGI, A. L. O. P. S.; FARIA, J. A. F.; SAAD, S. M. I. Sorvetes probióticos e prebióticos. In: SAAD, S.M.I.; CRUZ, A.G.; FARIA, J.A.F.. (Org.). Probióticos e prebióticos em alimentos: fundamentos e aplicações tecnológicas. São Paulo: Varela, 2011, p. 489-524.

CRUZ, A. G.; ANTUNES, A. E. C.; SOUSA, A. L. P.; FARIA, J. A. F.; SAAD, S. M. I.Ice-cream as a probiotic food carrier. Food Research International, v. 42, p. 1233-1239, 2009.

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

Docente da Faculdade de Ciências Aplicadas-FCA/UNICAMP. Graduação em Nutrição (UFPEL), Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial (FAEM/UFPEL), Doutorado em Alimentos e Nutrição (FEA/UNICAMP), Pós Doutorado no TECNOLAT/ITAL.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

LIMEIRA - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 02/09/2015

Concordo Sr. Hermenegildo!



Cordialmente



Adriane
HERMENEGILDO DE ASSIS VILLAÇA

JUIZ DE FORA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 02/09/2015

Além da qualidade do leite é muito importante agregar valor  como no caso de probióticos.
MilkPoint AgriPoint