FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Leite fermentado probiótico para combater estresse

POR VIVIAN CRISTINA DA CRUZ RODRIGUES

E ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

EM 18/10/2019

0
7

A vida moderna nos trouxe uma série de facilidades mas isso não significa que a vida ficou melhor ou mais descomplicada. Pelo contrário, estamos sempre correndo contra o relógio, mesmo equipados com máquinas para lavar roupas e louças, forno de micro-ondas para descongelar/esquentar/cozinhar alimentos, entre outros. Com uma rotina corrida passamos a sofrer de estresse; um dos males do século.

A notícia boa é que o consumo de leites fermentados contendo probióticos, segundo estudos recentes, pode nos ajudar na redução do estresse e melhora da qualidade do sono.

Não é novidade que o consumo de probióticos nos trazem muitos benefícios, principalmente ligados à melhora do funcionamento intestinal e equilíbrio da flora. No entanto, novos estudos com leite fermentados probióticos têm procurado explicar e explorar os efeitos benéficos da ingestão desses produtos com a redução de sintomas causados por estresse.

Pesquisadores do Japão buscaram investigar o consumo de leites fermentados adicionados de probióticos como o Lactobacillus casei cepa Shirota e o Lactobacillus gasseri CP2305 e como resultado sugerem que o consumo regular desses produtos foram capazes de atenuar sintomas físicos e/ou psicológicos de estresse, assim como melhorar a qualidade do sono de estudantes.

Outro estudo mostrou que o consumo de leite fermentado adicionado de Lactobacillus helveticus por três semanas pode ter um efeito favorável na melhora da qualidade do sono em idosos saudáveis.

Seria essa então a solução dos nossos problemas? Temos que ir com calma nas conclusões!

Dentre as principais críticas apresentadas para ambos os estudos está a dificuldade na extrapolação dos dados, ou seja, demonstrar que esse comportamento observado nesses estudos correspondem a um comportamento global, uma vez que o número de indivíduos nas pesquisas ainda é pequeno para isso. Além do mais, ainda não se sabe explicar totalmente os mecanismos pelos quais os probióticos causam esses efeitos benéficos. 

Mesmo que os achados não sejam conclusivos, essas pesquisas nos abrem portas para explorar a possibilidade de consumo de leites fermentados contendo probióticos não só tendo em vista os atributos nutricionais, mas também com benefícios funcionais. Leites fermentados são alimentos do nosso dia a dia que podem agir na promoção de saúde, fazendo parte de um estilo de vida saudável.

Referências bibliográficas

Kato-Kataoka et al. Fermented milk containing Lactobacillus casei strain Shirota prevents the onset of physical symptoms in medical students under academic examination stress. Beneficial Microbes 7, 153 – 156, 2015.

Nishida et al. Para-psychobiotic Lactobacillus gasseri CP2305 ameliorates stress-related symptoms and sleep quality. Journal of Applied Microbiology 123, 1561-1570, 2017.

Sawada et al. Daily intake of Lactobacillus gasseri CP2305 improves mental, physical,and sleep quality among Japanese medical students enrolled in a cadaverdissection course. Journal of Functional Foods 31, 188–197189, 2017.

Takada et al. Beneficial effects of Lactobacillus casei strain Shirota on academic stress-induced sleep disturbance in healthy adults: a double-blind, randomised, placebo-controlled trial. Beneficial Microbes 8, 153-162, 2017.

Yamamura et al. The effect of Lactobacillus helveticus fermented milk on sleep and health perception in elderly subjects. European Journal of Clinical Nutrition 63, 100–105, 2009.

VIVIAN CRISTINA DA CRUZ RODRIGUES

Mestra em Ciências da Nutrição e do Esporte e Metabolismo (FCA/UNICAMP). Graduação em Nutrição (UFV).

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

Docente da Faculdade de Ciências Aplicadas-FCA/UNICAMP. Graduação em Nutrição (UFPEL), Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial (FAEM/UFPEL), Doutorado em Alimentos e Nutrição (FEA/UNICAMP), Pós Doutorado no TECNOLAT/ITAL.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.