FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Queijos Suiços

POR VANERLI BELOTI

INDÚSTRIA

EM 30/10/2014

2
0
Você pode até achar que não conhece nenhum queijo suíço, mas pelo menos um você conhece: o Emmental. Talvez você não tenha comido, mas conhece esse queijo. Quando alguém diz que uma rua esburacada está parecendo um queijo suíço é a esse queijo que se refere. Aquele que nos desenhos animados os ratos querem comer. 

Confira o áudio:



Também chamado de queijo suíço, o Emmental é cheio de buracos, cujo nome correto é olhadura. São buracos grandes e lisos promovidos por uma bactéria típica desse queijo, que se chama Propionibacterium. Elas produzem gás carbônico e as bolhas de gás dentro da massa do queijo é que formam os chamados olhos.

São queijos enormes de 70 cm de diâmetro a 1 metro. Por isso a gente sempre encontra esse queijo no mercado já fatiado. É feito com leite cru de vaca, tem uma casca fina e é relativamente macio, com sabor suave e quase adocicado.

Um outro queijo suíço muito conhecido é o Gruyére, que também é grande como o Emmental e tem casca fina, seca, escura, mas por dentro é macio quase cremoso, e com poucos buracos. É adicionado um pouco de açúcar à massa e seu sabor é frutado. Também lembra um pouco nozes e seu sabor é mais acentuado quanto maior for o tempo de maturação, que pode ser de 5 a 12 meses.

Os Gruyéres originais surgiram em 1645 na cidade de Gruyére e o Emmental vem do Vale do Emmen. Emmen é o nome de um rio Suíço e quer dizer vale.

Os 2 queijos são feitos com fermentos obtidos nas próprias queijarias à partir dos queijos anteriores, e não de fermentos industriais. Uma curiosidade é que, para a produção dos queijos suíços Emmental e Gruyére, as vacas só podem comer a pastagem local e não podem ser alimentadas com silagem.

VANERLI BELOTI

Especialista em Patologia Molecular pela UEL, Mestre em Microbiologia pela UEL, Doutora em Ciência dos Alimentos pela USP e Pós-doutora em Qualidade do Leite pela Universidad de León/ Espanha. Professora da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

VANERLI BELOTI

LONDRINA - PARANÁ - PESQUISA/ENSINO

EM 02/11/2014

Que bien que te há gustado, Luis Alberto! Para ver otros articulos, ha que buscar los Blogs, que estan más arriba, nel tope de la pagina. Y entonces: Hora do Leite. Te vá salir todos por fecha, o otras opiciones.
Un abrazo
Profa. Dra. Vanerli
LUIS ALBERTO PEREZ HERNANDEZ

INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 02/11/2014

Excelente articulo. Quisiera saber como puedo ver los articulos anteriores??