FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Maior feira de gelateria do mundo tem até sorvete sabor unicórnio

ESPAÇO ABERTO

EM 05/02/2019

0
1

Janeiro é a época mais agitada para os eventos no setor de gelateria. Isso porque é inverno nos países mais interessados no assunto e os profissionais da área estão com as lojas fechadas ou no momento mais fraco de vendas do ano. Assim, sobra tempo para se reunir com outros profissionais e frequentar feiras.

A maior e mais importante feira do setor é a Sigep, em Rimini, na Itália. É onde todos os lançamentos e novidades geralmente são vistos, e também onde são realizados os principais concursos, como a Copa do Mundo de Gelateria e a tão esperada classificação das melhores gelaterias da Itália, publicada pelo guia Gambero Rosso (um equivalente italiano do Guia Michelin).

Na edição deste ano, o que achei mais interessante foi uma nítida divisão entre sorvetes que buscam ser saudáveis, usando bebidas vegetais, pouco açúcar e pouca gordura (encontrei até sorvetes feitos com leite de jumenta e camela), contrastando com gelatos nitidamente artificiais (e que nem tentam vender o que não são). Não foram poucos os sabores unicórnio, arco-íris e tantos outros gostos fantasiosos nas cores mais vibrantes e variadas. Eu, que sempre defendo o uso de ingredientes naturais, quase estranhei minha falta de indignação perante sabores deste tipo.

Continuo achando que o caminho é outro, mas me agride bem menos um sabor claramente artificial do que tantos industriais que tentam vender a imagem do natural. A diferença está na honestidade da proposta. Acho que com isso podemos lidar. Quem não liga em consumir corantes, aromatizantes e conservantes, tomará o sorvete tranquilamente e quem quer evitar estes ingredientes perceberá claramente que deve passar longe.

Mas o grande destaque da ocasião foi sem dúvidas o chocolate ruby, uma nova variedade descoberta pela gigante belga Callebaut. Amêndoas de cacau naturalmente mais avermelhadas são separadas e um chocolate rosado, com leve acidez e sabor de frutas vermelhas, nasce delas. O chocolate ruby era onipresente nos estandes da feira, na forma de sorvete, como calda, em bolos, em fontes de chocolate e muitos outros produtos. A graça é justamente o fato de que a cor linda e o sabor único são dados pelo cuidado tomado com a matéria-prima e com o processo todo de produção, que têm um resultado 100% natural.


Na Sigep deste ano, ficou clara a divisão entre sorvetes que buscam ser saudáveis e gelatos nitidamente artificiais.  Foto: Gabriela Biló/Estadão

Vale a pena ler também > Chocolate rosa chega às lojas do Brasil e é tendência para 2019

Artigo de Márcia Garbin é mestre-sorveteira, dona da Gelato Boutique, para o Paladar, do Estadão.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.