ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Novo recuo no preço ao produtor em novembro; dezembro deve trazer queda menos acentuada

POR MATHEUS NAPOLITANO

E VALTER GALAN

PANORAMA DE MERCADO

EM 01/12/2021

2 MIN DE LEITURA

12
3

O Cepea-Esalq/USP divulgou hoje o preço do leite captado em outubro e pago em novembro, na “Média Brasil” Líquida. O valor ficou em R$ 2,1857/litro na “Média Brasil” líquida, um recuo de 6,2% – a segunda queda consecutiva.

Gráfico 1. Série de preços médios recebidos pelo produtor (líquido), em temos reais (os valores foram deflacionados pelo IPCA de outubro/2021).

cepea leite novembro 2021
 

Fonte: Cepea-Esalq/USP

 

Ainda segundo o Cepea, o Índice de Captação Leiteira (ICAP-L) recuou 0,87% na “Média Brasil”, mesmo com o retorno das chuvas de primavera, devido ao cenário crítico de altos custos de produção.

Como exemplo, de janeiro a outubro, o poder de compra do pecuarista frente ao milho recuou, em média, 29,5%. No ano passado, enquanto o produtor precisava de, em média, 33 litros de leite para adquirir uma saca de milho de 60 kg (com base no Indicador ESALQ/BM&FBovespa, Campinas – SP). Em 2021, são precisos 43 litros para a mesma compra. Além disso, outros insumos como adubos, corretivos, minerais e combustíveis também encareceram.

Outro ponto importante é a demanda mais enfraquecida neste ano, diante do menor poder de compra do consumidor brasileiro.

 

Comentário MilkPoint Mercado

O recuo de 14 centavos no último pagamento foi menor do que o esperado pelo mercado no início do mêsos comentários eram de queda entre 20 a 30 centavos/litro.  Essa queda mais acentuada era esperada, principalmente, pela baixa demanda final pelos lácteos, até então, e pela expectativa de aumento sazonal da produção.

Entretanto, a baixa oferta de leite de campo – menor que a esperada para o período – aumentou o apetite das indústrias por leite – principalmente no caso do leite em pó, mas também nos queijos, atenuando a queda dos preços. Essa produção mais baixa pode ser justificada pelos custos de produção ainda altos e pela mudança no perfil sazonal, conforme discutimos no artigo “A sazonalidade da produção de leite ainda é a mesma?”.

Além da menor produção interna, a entrada de leite importado também diminuiu. Atualmente, estamos vivendo um cenário de altos preços internacionais para os lácteos e taxa de câmbio elevada, o que diminuiu a competitividade do produto importado e, inclusive, abre oportunidade para exportações dos lácteos brasileiros. 

Do lado da demanda, conforme levantamento semanal do MilkPoint Mercado, estamos observando os primeiros sinais de reação dos preços. Após 9 semanas de quedas consecutivas, o Índice MilkPoint Mercado de Preços ao Atacado teve sua primeira variação positiva, na 3ª semana de novembro, e manteve-se estável na última semana do mês.

Para dezembro, com o pagamento do 13ª salário, continuidade do pagamento do Auxílio Brasil (que começou a ser pago em novembro) e estímulos por conta das festividades, o mercado espera continuidade no avanço dos preços dos lácteos. 

Para o próximo pagamento aos produtores, de dezembro, a expectativa é de queda menos acentuada ou, talvez, até mesmo estabilidade de preços em algumas bacias leiteiras, tudo isso em função da situação de mercado acima descrita.

VALTER GALAN

MilkPoint Mercado

12

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MARIO AFONSO KLEIN

PASSO FUNDO - RIO GRANDE DO SUL - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 06/12/2021

Infelizmente, a tendência é essa. Menos produtores e mais Produção. Nos EUA você vai encontrar poucos produtores com 600 vacas em lactação, se não estiver enganado, a média é 3 mil vacas em lactação. Aqui no RS hoje temos apenas quatro Produtores com 600 vacas em lactação. A tendência é cruel para os pequenos e médios Produtores.
GILSON SANTANA FILHO

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/12/2021

Realmente não dá pra entender porque para o consumidor final não abaixa o preço na mesma velocidade e proporção. Tudo que precisamos pra produzir leite está em alta, não abaixou nada. O que falta é respeito ao produtor de leite. Tem que respeitar o custo de produção e uma margem,as indústrias não estão nen aí pro produtor de leite,por isso cada vez maiores e mais ricas!
AZIZ GARCIA

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/12/2021

Só sobrevivem os grandes produtores!!! Estou falando de 10.000 litros por dia
AZIZ GARCIA

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/12/2021

Infelizmente estou parando com a atividade leiteira é uma vergonha o que fazem com nós produtores de leite.
MATHEUS NAPOLITANO

SANTOS - SÃO PAULO

EM 02/12/2021

Bom dia, Aziz!

A atividade leiteira é realmente muito complexa. Lidar com as incertezas de preços, tanto de venda como dos insumos, exige uma atenção redobrada. Por isso, é sempre importante manter a capacitação e observar os movimentos do mercado.

Esperamos que você continue na atividade. Conte com nossos conteúdos nesse processo!

Abraço!
EM RESPOSTA A MATHEUS NAPOLITANO
AZIZ GARCIA

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/12/2021

Obrigado Matheus!!! Mas já vendi minhas vacas . Não tem como continuar... a conta não fecha em hipótese alguma. Litro de leite recebido agora dia 25 /11 $ 1,87
VALDIR GOERGEN

AUGUSTO PESTANA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/12/2021

Boa tarde
Aqui na nossa região é só produtor colocando a venda o rebanho.
MATHEUS NAPOLITANO

SANTOS - SÃO PAULO

EM 02/12/2021

Olá, Valdir!

Infelizmente, nos últimos anos, temos visto muitos produtores deixando a atividade. Por outro lado, nesse mesmo período, também observamos produtores expandindo seus rebanhos e crescendo seus negócios.

De fato, a atividade leiteira é muito complexa e desafiadora. Por isso, é muito importante ter um planejamento bem definido para aproveitar as oportunidades e superar os momentos de desafios.

Abraço!
ELISEU NARDINO

MARIPÁ - PARANÁ

EM 01/12/2021

Boa tarde, aqui baixou 20 centavos no último pgto, e pro próximo tem mais queda
MATHEUS NAPOLITANO

SANTOS - SÃO PAULO

EM 01/12/2021

Sim, Eliseu. De fato, o mercado espera mais um recuo para o próximo pagamento, mas, dada as circunstâncias atuais, há grandes chances desse recuo ser mais leve que o espero (ou, até mesmo, não ocorrer em algumas regiões).
MARLUCIO PIRES

EDEALINA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 01/12/2021

Aqui na minha região, realmente caiu 31 centavos. 14 em outubro e 31 em novembro, 45 em dois meses
MATHEUS NAPOLITANO

SANTOS - SÃO PAULO

EM 01/12/2021

Sim, Marlucio. Tivemos diferentes quedas de acordo com a região, muito influenciado por como a produção da região variou no período.

Como dizemos no artigo: para o próximo pagamento a expectativa é de uma queda menos acentuada (ou até mesmo estabilidade). Vamos acompanhar!
MilkPoint AgriPoint