FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

NZ: Fonterra pagará mais aos produtores por leite sustentável

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/06/2020

1 MIN DE LEITURA

0
2

A partir de 1 de junho de 2021, a Fonterra introduzirá o Co-operative Difference Payment, uma bonificação de até 10 centavos (6,52 centavos de dólar) por quilo de sólidos do leite (kgMS) – o que equivale a 0,82 centavos (0,53 centavos de dólar) por quilo de leite – para fazendas que atendam às metas de sustentabilidade e valor da cooperativa.

A mudança faz parte de sua estratégia de agregar valor ao leite da Nova Zelândia e responde à crescente demanda dos clientes por leite e derivados produzidos de maneira sustentável. O pagamento será financiado com base no preço do leite ao produtor – Farmgate.

“O preço total do leite Farmgate permanecerá o mesmo em toda a cooperativa, mas o valor pago por cada fazenda variará dependendo da adequação ao Co-operative Difference Payment, além de outras variáveis, como gordura e proteína, que afetam o valor pago”, disse Miles Hurrell, CEO da Fonterra.

"Sempre pagamos aos nossos produtores com base no valor que o leite fornece à cooperativa. A realidade é que os fatores que influenciam esse valor estão mudando e precisamos refletir isso. Nossos clientes querem saber que os produtos que estão comprando não são apenas seguros, mas também produzidos de forma sustentável. Esse pagamento nos ajuda a atender a essas demandas, para que eles continuem escolhendo nosso leite e desfrutando de lácteos como uma opção sustentável e nutritiva.”

“Queremos oferecer inovação, sustentabilidade e eficiência necessárias para fazer a maior diferença em nossa estratégia e resultado final. Faz sentido recompensar financeiramente os produtores que se esforçam para ajudar nossa Cooperativa a diferenciar seu leite.”

O pagamento substituirá os dólares de recompensa de origem agrícola atualmente conquistados pelo The Cooperative Difference e trabalhará em um sistema de camadas. Quanto mais um produtor se adequar ao Co-operative Difference Payment, maior será o pagamento. A estrutura precisa de pagamento será confirmada nos próximos meses após discussões com os produtores, mas não excederá 10 centavos por quilo de sólidos do leite.

“Queremos que os produtores olhem para o futuro e o Co-operative Difference Payment  os incentiva a continuar concentrando-se nas coisas que trarão mais valor ao leite. Isso nos ajuda a criar produtos de maior valor agregado, que se destacam no mercado global por serem neozelandeses e pela maneira sustentável como são produzidos”, disse Hurrell.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.