ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Nova revisão revela que o impacto do metano no clima pode ser exagerado

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 04/12/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

Uma revisão de novas pesquisas sugere que o impacto do metano no clima não é refletido com precisão porque as métricas atuais não levam em consideração que ele se decompõe na atmosfera ao longo de 12 anos. Outros gases de efeito estufa (GEEs), como o dióxido de carbono liberado pela queima de combustíveis fósseis, podem permanecer na atmosfera por centenas de anos.

A revisão da pesquisa, encomendada pela Global Dairy Platform (GDP) e outras organizações agrícolas, acadêmicas e não governamentais, examinou o Potencial de Aquecimento Global (GWP, na sigla em inglês), um novo método para determinar o impacto do metano no aquecimento. O GWP foi desenvolvido por um grupo de cientistas do clima de todo o mundo, com os principais autores sendo da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

“Reconhecemos que toda a agricultura, incluindo o setor pecuário, deve reduzir suas emissões de GEE”, disse Donald Moore, diretor executivo do PIB. “Porém, a métrica GWP100 atual não reconhece suficientemente as diferenças de vida útil entre os gases, resultando em ambiguidade em termos de seus impactos diferentes ao longo do tempo. O GWP tem o potencial de determinar com mais precisão o impacto do metano no aquecimento, o que ajudará o setor pecuário a priorizar estratégias de redução de GEE”, disse ele.

O relatório completo pode ser encontrado aqui. A próxima etapa da pesquisa é conduzir a modelagem de cenários e examinar as implicações das políticas para garantir que o setor esteja focado em ações que entreguem os melhores resultados de mitigação possíveis.

O setor global de lácteos já faz parte da solução para limitar as mudanças climáticas. Uma análise conduzida pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação revelou que a intensidade das emissões de lácteos em todo o mundo diminuiu 11% de 2005-2015.

As informações são do Dairy Industries International, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint