ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

"Não vamos onerar o consumidor", diz presidente da CCGL sobre preço do leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/05/2018

1 MIN DE LEITURA

1
0

Sem conseguir recolher 80% do volume de 12,6 milhões de litros de leite que costumam ser captados no Estado diariamente, as indústrias estão praticamente paradas. Entre as maiores do segmento, o percentual processado é muito pequeno. A Cooperativa Central Gaúcha (CCGL), que tem sede em Cruz Alta e processa até cerca de 1,7 milhão de litros de leite por dia, deve parar as atividades a partir dessa sexta-feira (25) se a greve for mantida.

"A permanecer a situação de hoje (24), amanhã (25) não dá mais para trabalhar. Mas não vamos nos aproveitar de uma crise para onerar o consumidor final", afirma o presidente da CCGL, Caio Vianna. Ele diz que a partir da sexta-feira, mesmo com liberações pontuais em rodovias via liminares, não haverá mais combustível para buscar o leite nas propriedades. Nesta quinta (24), a CCGL trabalhou com 20% da capacidade. Situação semelhante é verificada na Cooperativa Santa Clara, de Carlos Barbosa, na Serra. 

O volume de leite que foi possível recolher  era suficiente apenas para 12 horas de trabalho na fábrica. A multinacional francesa Lactalis está com 90% da capacidade de captação comprometida. Como os estoques de leite UHT no varejo costumam ser para o período de uma semana, dirigentes dessas empresas projetam que, se o movimento continuar, faltará produto.

"A tendência é de desabastecimento, sim. Imagino que, em uma semana, se não se resolver a mobilização, possa faltar produto – afirma Guilherme Portella,  diretor de Comunicação Externa, Assuntos Regulatórios e Corporativos da Lactalis do Brasil".

As informações são do Zero Hora.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

DARLANI PORCARO

MURIAÉ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/05/2018

Temos um govêrno incompetente , o país não pode parar dessa forma, as perdas são enormes
MilkPoint AgriPoint