ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

CNA defende inscrição permanente no cadastro ambiental rural

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 09/07/2019

1 MIN DE LEITURA

0
0

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) protocolou, na sexta (5), no Supremo Tribunal Federal (STF), um pedido de participação no julgamento de uma ação que questiona a Medida Provisória (MP) 884, editada em junho, que torna permanente a inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR).

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6157 foi proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e contesta a Medida Provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro. O relator da matéria é o ministro Marco Aurélio. A CNA defende o cadastro permanente para evitar restrições aos produtores rurais no acesso ao crédito e aos programas de regularização ambiental.

“O CAR não pode ter prazo final para adesão (tal possibilidade, ao contrário, deve ser permanente), sob o risco de o País perder a possibilidade de ter a informação integral e os dados ambientais totais para se viabilizar políticas públicas e legislações realmente eficazes e adequadas”, diz a CNA em um trecho da petição para ser amicus curiae no processo.

Segundo a Confederação, 90% dos cadastros feitos durante a vigência da MP 867/2018, que estabeleceu um prazo de adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), foram de pequenas propriedades. Neste contexto, sem a MP 884, “tais informações perderão sua validade e, além disso, os proprietários desses imóveis serão lançados à ilegalidade”, alerta a entidade. “Portanto, a possibilidade de adesão ao CAR, sem prazo definido, é medida de efetivo interesse público na busca pela informação com precisão e consistência acerca da situação ambiental do País”.

O CAR é um cadastro nacional para a obtenção de informações ambientais, obrigatório para todos os imóveis rurais do País, instrumento fundamental para implementação de políticas públicas na recuperação e recomposição de vegetação nativa nas propriedades rurais, previsto no Código Florestal (Lei nº 12.651/12).

As informações são da Assessoria de Comunicação da CNA. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint