FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Silagem de ração total potencializa a nutrição do rebanho de pequena escala

POR THIAGO BERNARDES

THIAGO FERNANDES BERNARDES

EM 04/02/2015

2 MIN DE LEITURA

40
0
A confecção de silagem da ração total não é algo novo ao redor do mundo. Países da Ásia, como o Japão têm investido muito nesta tecnologia com o objetivo de aproveitar resíduos úmidos para se reduzir investimentos com secagem. Outra vantagem apontada por aqueles que vêm utilizando esta alternativa é o fato de se oferecer um alimento mais homogêneo ao longo do tempo, pois não há mistura diária de ingredientes concentrados.

Em 2013, durante a minha participação na conferência mundial de silagem senti um certo entusiasmo em tentar fazer algo parecido no Brasil e que se adequasse as condições dos nossos produtores. Desse modo, me veio em mente a possibilidade de se fazer silagem de ração, mas com a inserção da forragem, de modo a criar um alimento único na propriedade.

Então, nós iniciamos um estudo no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras em 2014. A forragem escolhida foi o capim-Elefante pelos seguintes motivos: Esta espécie é muito utilizada na bovinocultura leiteira de pequena escala, principalmente na forma de capineira. Com alta frequência se observa capineiras mal manejadas com a presença de plantas em estágio de maturidade avançado. Assim, a ensilagem surge como ferramenta para se manejar o excesso de forragem proveniente do verão. Contudo, a ensilagem de capim-Elefante requer atenção, pois as plantas apresentam alto conteúdo de umidade, o que ocasiona perdas (fermentação indesejável e produção de chorume).

Paralelo a este entrave, produtores de leite de pequena escala possuem dificuldade de formular e fornecer a dieta aos seus animais, o que requer práticas de alimentação mais simples. Desse modo, a ensilagem do capim-elefante associado aos outros ingredientes da dieta pode solucionar ambos os problemas (umidade do capim e barreira pra formular e misturar a ração).

Ingredientes concentrados como o milho e a soja são os mais utilizados. Mas outros ingredientes podem substituí-los em parte, principalmente aqueles provenientes da produção do biodiesel (baixo custo e grande oferta em algumas regiões do País). Portanto, o objetivo do estudo foi de avaliar silagens de dietas totais que atendam as exigências nutricionais de vacas leiteiras de até 5000 kg leite/ano (média de 16 kg/dia ao longo dos 305 dias de lactação), constituídas por capim-Elefante como volumoso associado aos ingredientes convencionais (milho e soja) ou associado à torta de girassol, conforme podem ser observadas na Tabela 1. Em ambas as dietas foi acrescentado 0,2% de premix mineral e vitamínico como parte do concentrado.

Tabela 1. Composição dos ingredientes (% MS) das dietas experimentais


Os resultados preliminares demonstraram que ambas as dietas fermentaram de maneira adequada e reduziram de forma significativa a produção de efluente (chorume). Contudo, a dieta convencional, constituída por capim, milho e soja se mostrou superior quando alguns parâmetros individuais são levados em consideração, tais como aspecto (cor e odor), potencial de diminuição de chorume e qualidade da fermentação. Isso não significa que a dieta com torta não possa ser ensilada. Tudo vai depender da disponibilidade do subproduto e valor dos ingredientes na região onde a propriedade está inserida.

Por fim, gostaria de ressaltar que este é apenas um passo em uma sequencia de estudos que estamos planejando. Outras combinações de dietas serão testadas de forma que os produtores tenham mais alternativas. A importante mensagem que fica é que dietas dessa natureza se conservam adequadamente, o que pode ser um avanço no futuro em termos de nutrição para os produtores de pequena escala.

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

THIAGO BERNARDES

Professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (UFLA) - MG.
www.tfbernardes.com

40

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

RAFAEL NOGUEIRA

BELÉM DE SÃO FRANCISCO - PERNAMBUCO - OVINOS/CAPRINOS

EM 20/07/2017

Obrigado, Thiago!



Eu estou com projeto para ensilar em sacos com a prensa da Multiagro, já com algum composto mineral  (para caprinos e ovinos) e enviar para zonas de extrema seca (sertão pernambucano).

Casa possa indicar um mineral adequado, fico grato!
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 20/07/2017

Caro Rafael,



Primeiramente, obrigado pelas palavras de incentivo.

Sim, você pode ensilar a dieta que fornece aos caprinos e ovinos associada ao capim-Elefante com o intuito de reduzir as perdas pela ensilagem desta forragem de forma isolada, conforme foi comentado no texto.

Dê preferência por estocar em unidades que tenham parede, como os tambores para facilitar a compactação e auxiliar no processo de conservação da ração total.

Quanto ao suplemento vitamínico-mineral, utilize aquele que vem sendo fornecido ao rebanho. Forneça-o no momento da alimentação, pois vitaminas se oxidam quando ensiladas.



Att,



Thiago Bernardes
ROBERTO DE ANDRADE BORDIN

SÃO PAULO - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 20/07/2017

Olá amigos...



Sacos de 110 micras são excelentes para ensilamento e são mais baratos que os tambores azuis. Claro se vc tiver doaçoes de tambores pode usar o tambor em bom estado.



Em relação custo...claro para vacas de leite com mais de 20 litros dia, vc deverá ter técnicas de produzir silagem e pastagem mais adequadas.



abs
ROBERTO DE ANDRADE BORDIN

SÃO PAULO - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 20/07/2017

Olá...com certeza pode...vc pode colocar a mistura que vc usa para ovinos sem problema...



Qualquer dúvida fico a disposição.



roberto.bordin@fatec.sp.gov.br
RAFAEL NOGUEIRA

BELÉM DE SÃO FRANCISCO - PERNAMBUCO - OVINOS/CAPRINOS

EM 20/07/2017

Esse mesmo projeto pode ser utilizado na criação de caprinos e ovinos? Qual mineral misturar no volumoso? Muito legal o artigo!
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 24/02/2015

Caros leitores, conforme foi esclarecido neste fórum não é recomendado a confecção de silagem em sacos convencionais. Aqueles produtores que possuírem tambores ou qualquer outra estrutura que permita compactação e evite a entrada de ar podem dar preferência pra esses tipos de estrutura.

Silagens em sacos ficam mal compactadas e se deterioraram rapidamente devido a este problema e a falta de qualidade do plástico específico para tal.



Att,



Thiago Bernardes
ROBERTO DE ANDRADE BORDIN

SÃO PAULO - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 23/02/2015

Olá boa tarde...



Caro é um conceito relativo...o custo depende da receita para gerar lucro...então de imediato achar caro se torna relativo.



Em relação a compactação podemos optar pela forma manual ou em um equipamento de compactação para sacos...ambos bem feitos e com cuidado funcionam muito bem.



As
CLEOMAR JOSÉ DA COSTA

CUIABÁ - MATO GROSSO - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 23/02/2015

Como é feita a compactação da ensilagem em saco?
PARCIFAL OLIVIO BURANELLO JUNIOR

LINS - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 23/02/2015

bom dia--



R$ 9,00 25 kg de silagem - não é muito caro?



Teria que ter bastante energia nessa silagem - para produção acima de 20kg de leite.
ROBERTO DE ANDRADE BORDIN

SÃO PAULO - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 20/02/2015

Olá boa noite...amigos excelente a interação.



Estou testando formas de ensilamento em SP. Para pequenos produtores de leite a proposta da Silagem da nossa discussão é muito boa...porém acredito que o ensilamento em sacos de 25 kg seja mais viável tecnicamente aos pequenos e médios produtores. Já ensilei uma silagem muito parecida com a do texto acima em sacos de 25 kg...estou aguardando o tempo técnico de 30 dias para analisar custos, preço de venda, viabilidade técnica...Hoje temos na região silagem de milho de excelente qualidade comercializada a R$ 9,00 o saco de 25 kg.
CAHLIL LOBO FAGUNDES

JEQUIÉ - BAHIA - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 20/02/2015

Completando a pergunta de João, um silo pode ser aberto, usado por um tempo, depois fechado novamente? ou a qualidade fica comprometida?



abs.
JOAO GOMES DE AZEVEDO

MURIAÉ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 19/02/2015

Bom dia Thiago!

Peço a gentileza de responder algumas dúvidas:

a) Quanto tempo esta silagem pode ficar guardada?

b) Como é feita a mistura?

c) Qual a idade ideal  do capim?

e) Qual o tamanho do corte?

f) O concentrado de milho é em grão ou farelo?

g) Qual o tipo de silagem é a ideal, trincheira, superfície, ensacada ou silo de alvenaria?

obrigado
ALEXANDRE STOCKLER BOJIKIAN

UBERABA - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 11/02/2015

Acredito que seja uma alternativa viável, principalmente para a melhoria do manejo de capineiras em pequenas propriedades produtoras de leite e possibilitando uma alternativa de fornecimento de um alimento de melhor qualidade ao rebanho, podendo manter uma produção, ou até mesmo aumentar, em rebanhos de baixa produção. Sem o fato de, talvez, equalizar a mão de obra na propriedade.
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 11/02/2015

Caro Paulo, evite ensilar em sacos. Procure utilizar tambores e se possível faça um revestimento interno com plástico e os vede muito bem. Lembre-se que o ar não pode ter contato com a silagem. Se você ensila em sacos a chance do ar ter efeito negativo sobre o alimento é muito grande.



Att,



Thiago Bernardes
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 11/02/2015

Caro Landerson, nutricionalmente falando a mistura de capim-Elefante e milho somente pode atender as exigências de energia dos animais, mas não atenderia de proteína. Não posso te garantir que não haverá chorume. Isso vai depender da umidade do capim e de como essa mistura será ensilada. Em relação ao ponto de corte, adote a altura da folhas como critério, ou seja, colha quando as plantas atingirem entre 1,4 a 1,8 m de altura.



Att,



Thiago Bernardes
PAULO ENILSON SOARES DE BRITO

NOVA CANAÃ - BAHIA - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/02/2015

Excelente! com tantas perguntas e respostas já dar para escrever o passo-a-passo e formular a receita. pode ser ensilada em sacos?
LANDERSON SILVA BASTOS

SANTANA DO DESERTO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/02/2015

Boa noite Professor Thiago.

Certa vez, a título de experiência misturei capim elefante com 83% de umidade com fubá atingindo umidade final de 30%, pois havia lido um artigo do Professor Marcos Neves Pereira sobre silagem de milho reidratado. Queria saber se o gado aceitaria bem a mistura e se não haveria perda com chorume. Aceitação excelente sem formação de chorume.

Minha dúvida é com relação ao ponto ideal de corte do capim, visto que se usar o capim maduro perco qualidade da silagem.
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 09/02/2015

Caro Rodrigo, produtores de maneira geral querem ensilar e abrir o mais rápido possível, o que não é correto. A silagem seja ela de plantas somente ou de ração total exige um certo período de estocagem de modo que os processos fermentativos possam ocorrer. Eu recomendo no mínimo 60 dias de estocagem. Se for uma urgência no mínimo 30 dias. Estudos têm mostrado que longos períodos de estocagem favorecem a digestão dos nutrientes principalmente do amido.



Att,



Thiago Bernardes
RODRIGO DE ANDRADE MEIRA

COROMANDEL - MINAS GERAIS - MÉDICO VETERINÁRIO

EM 09/02/2015

Bom dia Thiago, após o fechamento do silo devo esperar no mínimo quantos dias para abrir?

Att, Rodrigo de Andrade Meira
THIAGO BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 08/02/2015

Caro Parcifal, agradeço pela sua participação aqui. Gostaria de ressaltar que não se deve fazer a ensilagem em camadas porque os ingredientes não se misturam adequamente.



Att,



Thiago Bernardes
MilkPoint AgriPoint