ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Suas vacas estão preparadas para o verão?

EDUCAPOINT

EM 04/12/2018

0
2

Muitos rebanhos, em diferentes partes do mundo, sofrem com o estresse térmico. Essa condição causa diversos efeitos prejudiciais em vacas leiteiras, com impactos negativos na produção, reprodução, saúde e, principalmente, bem-estar dos animais.

Pesquisadores encontraram que, nos EUA, as perdas econômicas devido aos efeitos deletérios do estresse térmico chegam na casa dos US$ 900 milhões de dólares por ano.

No Brasil, país tropical com temperaturas médias altas, esse impacto pode ser ainda maior. De acordo com a Embrapa, o Brasil possui cerca de dois terços de seu território na faixa tropical do planeta, onde a temperatura média do ar fica acima de 20°C, e a máxima acima de 30°C em grande parte do ano.

Sabendo que a zona de conforto térmico das vacas oscila entre -5°C a 22°C, qualquer valor acima dessa faixa leva à condição de estresse calórico, uma vez que as vacas não conseguem dissipar o calor produzido em seu metabolismo. E assim surgem os problemas citados no início deste texto.

De nada adianta ter vacas de alta produção, se as mesmas não conseguirem expressar todo seu potencial, devido às condições do ambiente. Não menos comum, muitos animais podem ser descartados do rebanho por “falhas reprodutivas”, quando na verdade o causador do problema é o estresse calórico.

Nesse sentido, é fundamental que os sistemas de produção leiteira deem a devida importância para este tema, avaliando as condições do seu rebanho e das suas instalações, garantindo que os animais não sofram com o estresse térmico.

O resfriamento de vacas é um dos tópicos mais estudados nos últimos anos por pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa em diversos países. Apesar do extenso conhecimento publicado sobre o assunto e o fácil acesso de produtores à informação, ainda são poucas as fazendas de gado leiteiro que usam adequadamente seus sistemas de resfriamento e obtêm os resultados esperados.

Para ajudar nesse ponto tão delicado do manejo de vacas leiteiras, separamos alguns vídeos, extraídos de cursos do EducaPoint, que trazem informações valiosas sobre estresse calórico, seus impactos na produção, reprodução e bem-estar dos animais. Veja também como algumas fazendas planejaram o resfriamento dos seus sistemas, e como trabalham para minimizar o estresse calórico dos animais. Confira:

Curso: O desafio de melhorar a reprodução durante o estresse por calor
Aula: Estresse calórico x desempenho reprodutivo




Curso: Compost Barn na prática: do projeto ao manejo
Aula: Importância do sistema de ventilação



Curso: "Fazenda Colorado: os segredos da maior produtora de leite do Brasil"
Aula: Setor de produção - Instalações e conforto animal




Esses são apenas alguns dos conteúdos sobre o assunto. Se você quer saber mais detalhes sobre estresse calórico e seus impactos na produção leiteira, bem como as formas de minimizar o problema no seu rebanho, assine o EducaPoint e confira muitas outras videoaulas!

Já são mais de 130 cursos disponíveis, que você pode assistir quantas vezes quiser e de onde estiver! Não deixe de obter o máximo de produtividade em seu sistema. Atualize seus conhecimentos e aumente os lucros na produção!
 
Quer saber mais sobre o EducaPoint? Entre em contato conosco:

Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
Whatsapp (19) 99817- 4082
Skype: atendimento@educapoint.com.br  

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.