ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Probióticos para viagens espaciais

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

EM 11/09/2017

2 MIN DE LEITURA

0
0
Na segunda metade do século XX a corrida espacial encantou gerações na disputa pela conquista do espaço. Carimbar o solo lunar com uma pegada humana foi um marco alcançado no ano de 1968 que se acompanhou de avanços importantes em diversos campos da ciência. Desidratar a comida era fundamental para manutenção dos astronautas durante as longas jornadas, desta forma os alimentos passavam a ter conservação mais longa e ficavam mais leves e fáceis para transportar.

A liofilização – a técnica de secagem por sublimação e que permite a maior manutenção das propriedades nutricionais – ganhou impulso com a demanda espacial, tanto que se popularizou o termo “comida de astronauta” para alimentos liofilizados. Para reduzir riscos de intoxicações/infecções alimentares durante as viagens espaciais foi criado pela NASA o método APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle), uma ferramenta amplamente utilizada nos Serviços de Alimentação e Nutrição nos dias atuais.

No contexto espacial a preocupação com risco microbiológico imperava de tal forma que foi estabelecido um protocolo de administração de antibióticos para astronautas como medida preventiva antes das viagens, assim como se faz com pacientes antes de grandes cirurgias intestinais.

Participar de viagens espaciais certamente é um grande privilégio. Porém exige sacrifícios e risco de danos para a saúde. Em ambiente de baixa gravidade astronautas podem ser acometidos de enfraquecimento dos ossos, problemas gastrointestinais, dermatites e infecções respiratórias. A diminuição da diversidade da flora intestinal e da função do sistema imune - também observada ente astronautas - pode ser estar na origem de alguns destes problemas. Daí surgiu a ideia: probióticos no espaço, porque não?! Basta desvendar o comportamento dos probióticos no ambiente de microgravidade.

A NASA está se dedicando a esse estudo, para melhorar o potencial da tripulação de manter boa saúde durante as missões de voos espaciais. Quem sabe estes estudos tragam avanços novos na área de alimentos e para benefícios de muitos, assim como os outros casos de sucesso citados nesta matéria. Vale lembrar que a própria liofilização é o processo mais utilizado para secagem dos probióticos que são utilizados como fermentos em alimentos ou na forma farmacêutica.

Probióticos para viagens espaciais

Referências bibliográficas: 

DOUGLAS, G. L., VOORHIES, A. A. Evidence based selection of probiotic strains to promote astronaut health or alleviate symptoms of illness on long duration spaceflight missions. Beneficial Microbes, p.1-12, 2017.

Probiotics in space: NASA explores viability of microorganisms for space flight. In: https://mobile.nutraingredients-usa.com/Research/Probiotics-in-space-NASA-explores-viability-of-microorganisms-for-space-flight?utm_source=newsletter_daily&utm_medium=email&utm_campaign=14-Aug-2017&c=Hm0GrE2seJfsGEkdVUjbjA%3D%3D&p2. Acesso em 07/09/2017.
 

ADRIANE ELISABETE ANTUNES DE MORAES

Docente da Faculdade de Ciências Aplicadas-FCA/UNICAMP. Graduação em Nutrição (UFPEL), Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial (FAEM/UFPEL), Doutorado em Alimentos e Nutrição (FEA/UNICAMP), Pós Doutorado no TECNOLAT/ITAL.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint